Sobral – 300×100
Seet

Profissionais de enfermagem recebem R$ 240 mil após ação movida pelo sindicato

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação
Os profissionais receberam R$ 240 mil

Os profissionais da enfermagem contemplados com a ação movida pelo Sindicato dos Profissionais de Enfermagem no Estado do Tocantins (SEET) contra a Pró Saúde, que administrava a Hemodinâmica do Hospital Geral de Palmas, foram até a sede administrativa da entidade para receberem a quantia de R$ 240 mil referentes ao adicional de periculosidade que a empresa não pagava. O valor foi recebido na última sexta-feira, 12.

O pagamento deste direito foi requerido por 15 profissionais de enfermagem que trabalharam para a empresa entre de setembro de 2011 à agosto de 2014. O Seet já havia ganhado na justiça a referida ação, em dezembro de 2014, contudo a Pró Saúde recorreu da decisão judicial, tendo seu desfecho final somente neste mês de março de 2017. No total, a empresa pagou mais de R$ 240 mil para os profissionais que requereram o direito, sendo que alguns deles tiveram quase R$ 40 mil.

Para o enfermeiro João Nobuo, o recebimento deste direito só foi possível porque os profissionais não deixaram de buscar os seus direitos. “Infelizmente a maioria dos trabalhadores não procuram os seus direitos e na maioria das vezes nem sabem o que realmente lhes é devido. Só recebemos este direito porque fomos atrás, e o sindicato foi imprescindível neste processo“, afirmou o profissional.

Já o presidente do Seet, Claudean Pereira Lima, afirmou que o pagamento deste direito é a concretização de muito trabalho que esta gestão vem realizando junto a categoria. “Os recebimentos destes valores só demostram a importância de uma entidade de classe e que os colegas devem procurar a sede do seu sindicato para reivindicar os seus direitos, pois estamos atuando fortemente para garanti-los”, afirmou.

Comentários pelo Facebook: