Sobral – 300×100
Seet

Profissionais vão fazer curso para estudo sobre microcefalia em Araguaína

Agnaldo Araujo -
Foto: Marcos Filho
Araguaína terá estudo especializado sobre microcefalia

Representante da empresa multinacional Johnson & Johnson – laboratório de formação do trabalhador de saúde no contexto da microcefalia (Zikalab) – esteve em Araguaína (TO) esta semana para definir cronograma de capacitação do curso sobre o enfrentamento da microcefalia no município. Profissionais de saúde do município que serão multiplicadores do projeto participaram da reunião, na sede da Secretaria da Saúde.

O representante do laboratório, Thiago Lavras Trapé, disse que o objetivo principal da capacitação é formar em todo o Brasil mais de mil profissionais de saúde, que vão atuar no diagnóstico e monitoramento da microcefalia, que pode ser causada pelo vírus Zika. “Esses multiplicadores são de seis cidades brasileiras. Em Araguaína, serão sessenta participantes e essa nossa primeira visita que tivemos foi para definir o cronograma e todas as ações serão realizadas em conjunto”, explicou.

Trapé acrescentou que todas as capacitações serão presenciais no próprio município e a formação para docentes – multiplicadores que ajudarão nas aulas do curso – participarão de uma capacitação, em Campinas (SP), no último final de semana de agosto.

Capacitações

Além de Araguaína, o laboratório também realizará as capacitações em Salvador (BA), Recife (PE), Cuiabá (MT), Juiz de Fora MG) e Campina Grande (PB).

Vão participar médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, agente comunitários de saúde, psicólogos e outros. Em Araguaína, os módulos para os sessenta participantes serão aplicados em duas etapas; de 12 a 15 de setembro e de 3 a 6 de outubro. (Ascom – prefeitura)

Comentários pelo Facebook: