Sobral – 300×100
Seet

Projeto ‘Caminhar pra frente’ orienta reeducandos e familiares em Araguaína

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Projeto Caminhar pra frente orienta reeducandos e familiares em Araguaína.

O juiz de direito da 2ª Vara Criminal e Execuções Penais de Araguaína, Antônio Dantas de Oliveira Júnior, iniciou vários projetos criados pela Central de Execução de Penas e Medidas Alternativas (Cepema) daquela comarca.

Como ação de um dos projetos, o “Caminhar pra frente”, o magistrado proferiu palestra nesta terça-feira (12/1) para reeducandos e familiares, com a participação do promotor de justiça Tarso Riso Oliveira Ribeiro e equipe da Cepema, no auditório da prefeitura municipal.

Foram abordados temas envolvendo valores como verdade, mentira e recomeço que, na visão do juiz, estimulam os reeducandos a seguirem em frente e renovar atos e ações vindouras.

A Cepema de Araguaína pretende realizar, ao menos uma vez por mês, palestras com diferentes temas e abordagens, para que os egressos e a sociedade se conscientizem da importância de cumprirem e acompanharem o cumprimento das penas impostas.

O magistrado ressaltou que “quando acalmamos a mente, pensamos com o coração”, destacando como exemplo o filme “Uma mente brilhante”, baseado em fatos reais, em que o protagonista, após uma história de superação, é reconhecido por seus feitos significativos tornando-se ganhador do prêmio Nobel de economia.

Construção de paz

Outro projeto piloto, denominado Círculo de Justiça e Construção de Paz, foi iniciado em meados de dezembro passado por facilitadoras/servidoras da 2ª Vara Criminal e Execuções Penais da Comarca de Araguaína, com a participação de 18 reeducandos da Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota (UTPBG). Os Círculos de Celebração devem ser realizados em datas especiais e têm como objetivo colaborar com o sistema retributivo de pena, de maneira pedagógica, atuando de forma a auxiliar na prevenção de novos crimes ou condutas desabonadoras.

Comentários pelo Facebook: