Seet
Sobral – 300×100

Propaganda de Olyntho é suspensa pela Justiça por uso de recursos proibidos

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação
A propaganda de Olyntho foi suspensa por uso de recursos proibidos

Por utilização de recursos proibidos, a Justiça Eleitoral suspendeu a veiculação de propaganda eleitoral do deputado estadual e candidato a prefeito de Araguaína (TO), Olyntho Neto (PSDB). Agora, o candidato deve providenciar a substituição imediata do filme “um novo jeito de administrar”.

Foram duas decisões da Justiça – uma para a propaganda televisiva de bloco e outra para inserção. “Com efeito, a mídia digital impugnada na presente representação traduz, a priori, a veemência exigida ao reconhecimento liminar da existência de propaganda eleitoral irregular, posto que em seu conteúdo verifica-se a prática de montagens, trucagens e computação gráfica, as quais, constituem inequívoca violação à Legislação Eleitoral”, ressaltou o juiz Sérgio Aparecido Paio, que responde pela 1ª Zona Eleitoral.

As duas decisões foram expedidas no final da tarde da última terça-feira (13/09). Ambas atenderam representações movidas pela coligação Araguaína Sem Parar, do prefeito e candidato à reeleição, Ronaldo Dimas (PR).

Para o advogado da Coligação Araguaína Sem Parar, Leandro Manzano, o candidato utiliza-se de recurso vedado pela legislação com a única finalidade de iludir o eleitor. “Estaremos vigilantes e acionaremos o Poder Judiciário tão logo ocorra propagada ilegal”, lembrou Manzano.

Comentários pelo Facebook: