PT aprova aliança com Márlon Reis e indica Paulo Mourão ao Senado Federal

Redação AF - |
Foto: Divulgação
PT aprova aliança com Márlon Reis

Os membros do Partido dos Trabalhadores (PT) aprovaram a coligação com o pré-candidato a governador do Tocantins, Márlon Reis (Rede), para as eleições de outubro de 2018. A decisão foi tomada durante Encontro Estadual do partido nesta quinta-feira (2), em Palmas.

O partido também aprovou a indicação do deputado estadual Paulo Mourão para concorrer a uma das vagas ao Senado Federal e do médico, ex-vereador de Paraíso do Tocantins, Luís Antônio para a vaga de segundo suplente.

A delegação também deliberou que no domingo (5), durante a convenção, o PT decidirá com quem a chapa de proporcionais (deputadas e deputados estaduais e federais) irá coligar.

Márlon Reis, ex-juiz idealizador da Lei da Ficha Limpa, também participou do encontro. “Chegou a hora de mudar a maneira que  se fez política. Nós podemos fazer uma ampla frente partidária e em outubro nos orgulhar de começar um novo período. Vencer as oligarquias  é fundamental para que as pessoas passem a ter uma representação adequada para efetivar a participação de forma direta ou indireta dos tocantinenses”, disse Reis.

“Aqui temos famílias de homens e mulheres que não se vendem, aqui existe sonhos e estamos entregando em suas mãos porque acreditamos que dessa vez não iremos nos envergonhar, vamos sair nas ruas e discutir. Dessa vez o tocantinense vai construir o Estado que sonhou e a história vai se complementar”, disse Paulo Mourão.

A possibilidade de aliança já tinha sido adiantada ao AF Notícias pelo presidente estadual do partido, deputado José Roberto.

A outra vaga ao Senado deve ser ocupada pelo deputado federal Irajá Abreu (PSD), filho da senadora Kátia Abreu (PDT).

Já o candidato a vice-governador de Márlon Reis será um nome de Araguaína e provavelmente do segmento evangélico.

Comentários pelo Facebook: