Sobral – 300×100
Seet

PT de Araguaína diz porque escolheu apoiar Dimas: ‘não apoiaremos candidatos a favor do golpe no país’

Redação AF - |
Foto: Divulgação
PT homologa apoio à reeleição de Ronaldo Dimas.

Uma das surpresas da campanha eleitoral de Araguaína (TO) foi o apoio do Partido dos Trabalhadores (PT) à reeleição do prefeito Ronaldo Dimas (PR). Essa surpresa está relacionada ao fato de que, na Câmara Municipal, a petista Silvinia Pires fez oposição ferrenha à atual gestão, assim como vários membros do partido, o que fez surgir muitas especulações.

Já o presidente do PT municipal, Sandro Cardoso, explicou que o partido fez uma avaliação e entendeu não havia construído as condições necessárias para lançar candidatura própria a prefeito.

Outro fato que pesou na decisão de apoiar Ronaldo Dimas foi a deliberação nacional de que o partido “não apoiará candidatos que votaram ou apoiaram o golpe ainda em curso em nosso país”, referindo-se ao impeachment de Dilma Rousseff. Diante disso, o PT não estreitou os laços com o Partido Progressista, de Valderez e Lázaro Botelho, e nem com o PSDB, de Olyntho Neto. Ambos os partidos apoiaram o afastamento da presidente.

Conforme Sandro Cardoso, o PT, após três encontros com muito debate, decidiu por sua maioria, estabelecer alianças e coligações com os Partidos apoiadores da reeleição do prefeito Ronaldo Dimas, o qual apoiou a reeleição da presidente Dilma em 2012.

O presidente municipal admitiu que houve divergências de opinião, em especial dos apoiadores da vereadora Silvínia Pires, que tem feito oposição à gestão municipal.

Sandro Cardoso ressaltou que a vereadora Silvinia tem feito “excelente trabalho na Câmara de Araguaína, em defesa dos servidores públicos e da sociedade de forma geral”. “Sempre defendeu as bandeiras que promovem justiça social. A oposição que a vereadora tem feito à gestão municipal, tem proporcionado inclusive, melhorias para o município”, finalizou o presidente do PT.

Comentários pelo Facebook: