Quadra esportiva e Telecentro estão tomados por matagal em Santa Terezinha do Tocantins

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
A prefeitura estaria deixando os prédios abandonados

Márcia Costa//AF Notícias 

Dois prédios públicos de responsabilidade da Prefeitura de Santa Terezinha, norte do Estado, estão completamente tomados pelo matagal. A quadra poliesportiva e o o prédio onde devia funcionar um Telecentro estão localizados no Povoado Fortuna, a 7 km da cidade.

Segundo moradores, as obras que deviam beneficiar a população com esporte e qualificação estão abandonados pelo poder público.

O telecentro Comunitário chegou ao Povoado em 2013 e foi instalado pelo ex-prefeito Kkeibson Belarmino, mas nunca chegou a funcionar. Antes no local funcionava um posto de saúde. O novo prédio foi construído para levar cursos de informática gratuitos para a comunidade da zona rural. Duas salas teriam sido equipadas com cerca de 10 computadores.

A atual prefeita de Santa Terezinha é Itelma Belarmino (MDB) e um morador disse que ela não deu continuidade ao projeto do ex-prefeito. “Quando a Itelma Belarmino assumiu a prefeitura, em 2013, não deu continuidade ao trabalho do seu primo e ex-prefeito. A gestora levou os computadores e deixou o Telecentro abandonado. O mato tomou de conta e o prédio está ficando estragado”, disse.

A quadra de esportes fica próximo ao prédio do Telecentro. Entre os problemas na quadra estão o mato, refletores quebrados e fiação exposta. Os dois locais ficam próximos ao posto de saúde, de uma igreja e da escola onde as crianças do povoado estudam.

OUTRO LADO

A assessora jurídica do município, Jocélia Costa, disse ao AF Notícias que não procede a informação de que os prédios estão abandonados. Segundo ela, o Telecentro foi uma doação do Governo Federal em 2009, e ainda está com todos os equipamentos. “Só que na época a Prefeitura optou por instalar o Telecentro em um local que não tem internet. Fizemos no ano passado uma cotação para implantação, mas ficaria muito caro para a Prefeitura. Depois disso chegou internet”, afirmou.

Jocélia Costa ainda disse que existe um projeto da Prefeitura para ativar o local. “Temos um projeto para ativar o local. Os equipamentos são cuidados e fazemos manutenção. Como é um projeto em avaliação do governo federal, o município não tem como tirar agora o Telecentro de lá. Queremos reativá-lo este ano“, disse.

Em relação ao mato alto, a assessora jurídica afirmou que a prefeitura sempre tem limpado os locais e, em decorrência das chuvas, o mato pode ter ficado um pouco acima do normal.

Comentários pelo Facebook: