‘Quero apresentar minha filha novamente à sociedade’, diz mãe da ex-musa do crime

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Jovem Maria Karollyny Campos

Márcia Costa //AF Notícias

“Muitos pais não tiveram a mesma sorte que eu tive após os filhos conhecerem o mundo do crime”, assim agradeceu a educadora Maria Luiza Campos, mãe da jovem Maria Karollyny Campos Ferreira, de 22 anos, que ficou conhecida no passado como ‘musa do crime’ em Araguaína.

Maria Luiza conta que passou por tristeza, decepção, mas sempre esteve ao lado da Justiça para que a filha pagasse pelos crimes praticados na cidade.

Karollyny ingressou na criminalidade aos 17 anos e foi acusada de cometer vários delitos, entre eles assaltos à mão armada, acabou presa em 2016 e cumpriu quase dois anos de prisão. Enquanto ela debochava a cada prisão na frente das câmeras, sua mãe chorava e lamentava pela forma como a filha estava levando a vida.

“Nenhuma mãe gostaria de passar o que passei e ver a filha envolvida com o mundo do crime e ficar conhecida de forma negativa. Não concordo com nada do que ela fez.  Minha filha foi influenciada por pessoas do mal. Eu preferia ver minha filha presa do que fazendo maldade às pessoas”, disse.

Maria Luiza lembrou que sua filha era uma menina meiga e inteligente, antes de trilhar o caminho errado. Ela lamenta que desconhecidos e até pessoas próximas da família tenham feito julgamentos dizendo que ela nunca mudaria de vida.

“Muitos criticaram porque a Karol é filha de pessoas que têm um pouco de condição e que não daria três dias para estar solta e fazer as mesmas coisas. Ela foi sentenciada e cumpriu um ano e oito meses de pena. Mas em nenhum minuto eu paguei advogado particular para tirar a Karol da prisão. Eu queria que ela cumprisse, sofresse e aprendesse, e assim Deus fez”, afirmou.

Por causa de desobediência, a jovem foi presa cerca de sete vezes, mas foi na prisão onde se tornou evangélica. Atualmente ela está no regime semiaberto e frequenta a igreja Assembleia de Deus Labareda de Fogo.

“Vi que Deus trabalhou na alma e no coração da minha filha. Quero apresentá-la novamente à sociedade. É uma filha do coração bom, que foi apenas influenciada e eu agradeço por ela estar de volta”, agradeceu Maria Luiza.

A mãe da jovem acredita que, a partir de agora, sua filha “dará muito orgulho e fará muito bem às pessoas”.

Foto: Divulgação
Jovem agora está frequentando a igreja

VEJA TAMBÉM

Mãe triste e decepcionada faz desabafo após prisão do ‘Casal da moto preta’ em Araguaína

Conhecida como ‘musa do crime’, jovem recomeça sua vida na igreja e pede perdão

Comentários pelo Facebook: