R$ 89 milhões em bens: quem é o milionário Marco Antônio, vice na chapa de Kátia

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Vice de Kátia Abreu é o mais rico de todos

O candidato mais rico destas eleições suplementares no Tocantins é o empresário Marco Antônio Costa (PSD), ex-suplente de senador e atual postulante ao cargo de vice-governador na chapa da senadora e candidata ao Governo Kátia Abreu (PDT).

Natural de Porto Nacional, possui 62 anos, e é engenheiro civil formando pela  na Universidade de Brasília (UnB). Atualmente é empresário no Estado, presidente do Grupo Serraverde Honda.

Candidatou-se, como suplente da senadora Kátia Abreu, nas eleições de 2006 e assumiu a cadeira no parlamento em 2008, 2012, 2013 e início de 2015. Somando todas as vezes que substituiu a titular, Costa ficou por nove meses como Senador do Estado.

De todos os candidatos a vice, Costa é o mais rico. Veja:

Marco Antônio Costa (PSD): R$ 89.443.068,71

Célio Moura (PT): R$ 1.139.685,88

Coronel Edvan (REDE): R$ 625.712,91

Sargento Jenilson (PRTB): R$ 199.250,00

Divino Bethânia (PROS): R$ 30.000,00

Wanderlei Barbosa (PHS): não há bens declarados.

Quando se candidatou em 2006, a declaração de Marco Antônio trazia o valor de R$ 8.631.317,40. Portanto, em 12 anos houve um crescimento de mais de R$ 80 milhões em seu patrimônio. De todos os candidatos que estão disputando as eleições suplementares ele foi o que teve o maior crescimento em bens.

Nem a soma dos valores de bens de todos os candidatos ao Governo do Estado, constantes no DivulgaCand, sendo eles Carlos Amastha (PSB), Katia Abreu, Marcos da Cerâmica (PRTB), Márlon Reis (REDE), Mauro Carlesse (PHS) e Vicentinho Alves (PR), chegam ao valor declarado por Costa.

A declaração de bens de 2006 de Costa pode ser conferida no link: https://goo.gl/9HZn1a, e a de 2018 pode ser conferida aqui: https://goo.gl/eH4w1T.

Comentários pelo Facebook: