Seet
Sobral – 300×100

Repórter é agredida verbalmente por torcedor após empate do Tourão do Norte no Estádio Mirandão

Mara Santos - |
Foto: Arquivo pessoal
Kelviane relata que se sentiu humilhada diante da situação

A repórter Kelviane Oliveira, da afiliada da Rede Record em Araguaína, foi vítima de agressão verbal de um torcedor do Araguaína Futebol e Regatas, no último sábado (14/05), após o time empatar com o Gurupi, no Estádio Mirandão.

A situação teve início enquanto a repórter entrevistava um jogador do Gurupi e alguém do alambrado teria jogado bebida na equipe de reportagem. Ao olhar na direção da torcida e pedir que não repetissem tal ato, Kelviane foi xingada pelo torcedor conhecido como Pé de Ferro, que teria proferido uma série de afirmações machistas, seguidas de afirmações difamatórias e palavras de baixo calão.

“Me senti humilhada diante de tais ofensas. Mas, pelo que soube, ele é acostumado a fazer isso. Cheguei a pedir auxílio à Polícia Militar (PM), mas ele já havia ido embora. Bom, passou e o que fica é o repúdio”, comentou Kelviane, que deve registrar a ocorrência nesta segunda-feira (16/05) junto à Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM).

Em nota à imprensa, a Diretoria do Araguaína Futebol e Regatas afirmou que condena de forma veemente as agressões proferidas contra Kelviane, ressaltando que o autor das agressões não merece ser chamado de torcedor. “Não vamos tolerar tal comportamento e tomaremos as providências necessárias para que esta pessoa não mais esteja presente nos jogos do Araguaína”, finaliza a nota.

Comentários pelo Facebook: