Restaurante Popular passará por reforma durante agosto e nova empresa assumirá

Agnaldo Araujo - | - 745 views
Foto: Marcos Filho
Vista externa do Restaurante Popular

O Restaurante Popular de Araguaína passará por reforma e adequações durante o mês de agosto. Neste período, será efetuada também a transição entre fornecedores de refeições no local.

A expectativa da prefeitura com a contratação de uma nova empresa é de redução do valor cobrado ao consumidor, que atualmente é de R$ 5, sendo a refeição e um copo de suco natural.

Em média, mil refeições são servidas diariamente no Restaurante Popular, localizado na Praça das Bandeiras, no centro da cidade.

O processo licitatório para contratação de empresa especializada para o fornecimento das refeições já está em andamento e terá o registro de preços nesta terça-feira, às 14 horas, na Secretaria Municipal da Administração.

Na sequência, será cumprido o prazo legal para apresentação de recursos e posterior contratação da empresa que apresentar a melhor proposta, cujas atividades devem iniciar em setembro.

Histórico

Criado em 2012, com recursos provenientes de emenda do então deputado federal Ronaldo Dimas, o Restaurante Popular passou por uma reestruturação em 2013, com terceirização da gestão e contratação da empresa RC Nutry Alimentação Ltda., cujo contrato de 48 meses foi prorrogado por mais 12 e agora chega ao fim.

Nos cinco anos de vigência do contrato, o número de pessoas atendidas diariamente dobrou, indicativo da qualidade da alimentação oferecida.

O Restaurante Popular visa o atendimento à população formada principalmente por pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social e econômica, além de atender também a comerciários, estudantes, funcionários públicos e profissionais liberais.

A alimentação oferecida aos usuários segue cardápio balanceado elaborado por nutricionista, com salada, vários tipos de carne, vegetais, farofa, arroz, feijão e suco. O horário de funcionamento é das 11 às 14 horas.

Foto: Marcos Filho
Restaurante Popular em Araguaína

(Mara Santos)

Comentários pelo Facebook: