Seet
Sobral – 300×100

Roberto Pires diz que não mistura família com trabalho e defende pesquisa: “total isenção e imparcialidade”

Agnaldo Araujo - |
Foto: Sherlyton Ribeiro
Roberto Pires, presidente da FIETO

A Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO) rebateu, por meio de nota, as críticas da coligação “Araguaína Sem Parar” referente à pesquisa de intenção de voto para a prefeitura de Araguaína, divulgada na última quinta-feira (15/09). Nos números divulgados, Valderez Castelo Branco lidera com 23,7% e Ronaldo Dimas aparece em terceiro colocado, com 15,5% das intenções de votos.

A FIETO afirmou que realiza pesquisas e encontros de propostas políticas com o único e exclusivo objetivo de “contribuir com o processo eleitoral”. Afirmou ainda que sempre apresenta resultados com “total isenção e imparcialidade”. A nota é assinada pelo presidente da Federação, Roberto Pires.

Para a federação, é “leviana” a afirmação de uma possível manipulação dos resultados. “É fruto de imaginação muito fértil a leviana declaração de que haveria envolvimento de marqueteiros e até mesmo do governador Marcelo Miranda em uma hipotética manipulação de resultados para favorecer candidato A ou candidato B”, afirmou.

Confira a nota na íntegra

NOTA À IMPRENSA

Sobre as afirmações da coligação do prefeito e candidato à reeleição de Araguaína, Ronaldo Dimas (PR) acerca da pesquisa de intenção de voto para a Prefeitura deste município divulgada nesta quinta-feira, 15, pela FIETO, convém esclarecer que:

– Como entidade representativa da classe industrial, a FIETO realiza pesquisas e encontros de propostas políticas com o único e exclusivo objetivo de contribuir com o processo eleitoral, auxiliando especialmente o empresário da indústria, trazendo sempre resultado de pesquisas com total isenção e imparcialidade.

– O Instituto Fortiori desempenha, já há algum tempo, um trabalho relevante e confiável em Goiás e outros estados, e foi o escolhido para esse trabalho justamente pela isenção com o processo eleitoral local.

– É fruto de imaginação muito fértil a leviana declaração de que haveria envolvimento de marqueteiros e até mesmo do governador Marcelo Miranda em uma hipotética manipulação de resultados para favorecer candidato A ou candidato B.

– Por me conhecer tão bem em função da amizade de tantos e tantos anos que tenho com Ronaldo Dimas certamente o mesmo sabe que não misturo família ou amigos com trabalho, o que me faz imaginar que tais afirmações levianas não vieram de sua boca, mas sim de palavras ficcionais de marketing político.

– Por fim, é essencial relembrar a última eleição para governador, quando a ÚNICA pesquisa que cravou anteriormente o resultado das urnas foi justamente a da FIETO.

Embora compreenda e encare como natural a reação da coligação, como presidente da FIETO, lamento ser obrigado a responder a calúnias, justamente ao tentar contribuir legítima e voluntariamente com o processo eleitoral.

A FIETO seguirá cumprindo seu papel institucional, colaborando com a democracia, sempre pautada pela ética e pela absoluta e completa isenção”.

Roberto Pires – presidente da FIETO

Comentários pelo Facebook: