Seet
Sobral – 300×100

Secretário diz que não existe “nenhuma expectativa” do governo quitar débitos com enfermagem

Redação AF - |
Foto: Divulgação/Seet
Reunião entre representantes do sindicato e o secretário da Adminstração

O Secretário de Administração, Geferson Oliveira, afirmou que não existe nenhuma expectativa do governo do Estado em quitar os débitos com os profissionais da enfermagem durante este primeiro quadrimestre porque o “problema é financeiro”.

A afirmação do secretário foi feita na tarde da última segunda-feira (15), quando o Sindicato dos Profissionais da Enfermagem do Estado do Tocantins (SEET) se reuniu com os representantes do governo para tratar da pauta de reivindicações da enfermagem.

Os profissionais da enfermagem no Tocantins estão em greve há 14 dias e não têm previsão de quando a paralisação vai chegar ao fim.

Ainda durante a reunião, o secretário da pasta informou que possivelmente os plantões extras serão pagos nesta folha de fevereiro e que os demais direitos da categoria serão renegociados com novos prazos a partir de maio deste ano.

Reunião

Já o Secretário da Saúde pediu compreensão à categoria. “Sabemos que temos vários problemas para serem resolvidos, mais os servidores precisam entender a situação do Estado e perceber que, diferentemente de vários Estados, os salários estão em dia”, argumentou Marcos Esner Musafir.

O presidente do SEET falou da responsabilidade do governo em resolver os problemas da saúde e disse que a categoria não pode ser penalizada pela falta de gestão do governo. “Sabemos das condições financeiras do Estado, muitas delas adquiridas durante a gestão deste mesmo governo, mais não podemos aceitar que os profissionais sejam penalizados pela falta de capacidade do governo em resolver os problemas financeiros do Estado”, afirmou Claudean Pereira Lima.

O Sindicato solicitou ainda que o Governo formalize uma proposta e entregue à categoria relacionando cada item da pauta de reivindicações.

Comentários pelo Facebook: