Sem Kátia Abreu na disputa, eleição da Federação da Agricultura ocorre em outubro

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Tocantins (FAET)

Sem a senadora Kátia Abreu (PMDB) na disputa, a eleição para a escolha da nova diretoria da Federação da Agricultura do Estado do Tocantins (Faet) ocorrerá no dia 20 de outubro de 2017. Os novos gestores vão ficar à frente da entidade de 2018 a 2021.

O período para inscrição de chapas para a disputa é até a próxima segunda-feira (31). O ruralista de Araguaína Nasser Iunes se destaca como um forte nome para a presidência da Faet. Ele já foi presidente do Sindicato Rural de Araguaína e atualmente é conselheiro da entidade.

O edital de eleição foi publicado pela atual presidente da entidade, Kátia Abreu, que já anunciou publicamente que não concorrerá a reeleição. Ao todo, 35 presidentes de sindicatos rurais filiados têm direito a voto.

Conforme o edital, caso não haja quórum exigido em primeira convocação, a eleição será realizada em segunda convocação, no dia 21 de outubro de 2017. E se não alcançar quórum em primeira e segunda convocação, a eleição será realizada em terceira convocação, no dia 23 de outubro de 2017. A eleição é válida para a nova diretoria e o Conselho Fiscal da Faet.

Nasser Iunes já afirmou que Kátia Abreu tem “um trabalho prestado”, mas defendeu que não deve ser permitida a interferência de projetos pessoais no andamento da Faet.

“É uma tarefa árdua, mas precisamos resolver no atual cenário a nossa representação. Democraticamente queremos que as verdadeiras demandas dos produtores sejam pautas do nosso trabalho. Queremos banir os projetos pessoais da nossa casa de produtores”, disse.

Veja mais

Ruralista de Araguaína vai concorrer à presidência da Federação da Agricultura

Comentários pelo Facebook: