Senar capacita instrutores para atuarem com tecnologia em agricultura de precisão no Estado

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
O curso foi ofertado em Cristalândia

Com um mercado cada vez mais exigente e com a entrada definitiva da tecnologia no campo, uma das áreas que mais sofre com a falta de mão de obra qualificada é a de máquinas e implementos agrícolas. Pensando em transformar esse problema em alternativa de crescimento da produtividade e oferta de emprego, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) permanece disponibilizando cursos e treinamentos para instrutores no setor de agricultura de precisão.

Um exemplo é o curso de Operação e Manutenção de Tratores Agrícolas, finalizado no dia 02 de maio, no município de Cristalândia, nos Assentamentos P.A. Virginia e P.A. São Francisco. O treinamento foi oferecido em parceria com o Sindicato Rural de Cristalândia e a prefeitura, e teve carga horária composta de 40 horas, divididas em aulas práticas e teóricas.

Na capacitação, os participantes aprenderam a conduzir o trator e também conheceram noções sobre todos os componentes do veículo, a importância e função de cada um deles. Ainda entenderam a maneira adequada de conservação do trator, a exemplo dos tipos e qualificações dos lubrificantes; alimentação de ar e combustível; sistema de transmissão; hidráulico e direção.

O presidente do sistema Faet/Senar, Paulo Carneiro, destacou que a instituição está avançando cada vez mais na oferta de treinamento para instrutores com capacitações em máquinas de última geração para atender com qualidade os produtores rurais de todo o Tocantins. “O resultado já pode ser visto com o aumento da produtividade e a profissionalização do setor”, acrescentou.

Para o instrutor do Senar, Gibson Neres, o Tocantins está em constante transformação com relação a produção agrícola, passando de um método antigo para um sistema mais moderno. “Os produtores rurais precisam evoluir e acompanhar esse novo cenário tecnológico agrícola através dos cursos de qualificação profissional”, afirmou.

Comentários pelo Facebook: