Sobral – 300×100
Seet

Senar oferece curso de inclusão digital para 30 estudantes no interior do Tocantins

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação/Senar
Alunos que estão participando do curso

Um total de 30 alunos estão participando do curso de inclusão digital ofertado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Tocantins, que é coordenado pela senadora Kátia Abreu, na cidade de Aliança do Tocantins. O curso iniciou no dia 09 de outubro e se estende até o dia 12 do mesmo mês.

A oferta da qualificação é uma demanda do Sindicato Rural da cidade e a prefeitura também é parceria do evento. Devido a quantidade de participantes, as aulas estão acontecendo nos turnos da manhã, tarde e noite, sendo divididas em 10 alunos por turma.

No curso, os alunos têm a oportunidade de aprender e colocar em prática as novas tecnologias e inovações aplicadas na área da informática. Para o presidente do Sindicato Rural de Aliança, Marcelo Borges, a realização desta capacitação também faz parte da missão do Senar, que inclui a promoção social agregada a formação profissional.

“Esta demanda para a realização do curso também partiu dos próprios alunos, que vêm na informática uma real possibilidade de inclusão social através do mercado de trabalho. Estamos formando profissionais que, inclusive, poderão atuar no campo e ter mais oportunidades de crescimento profissional e pessoal”, destacou Marcelo.

O aluno Emanuel Victor Ribeiro dos Santos relatou que esta oportunidade de realizar este curso é única em sua vida. “Agradeço imensamente a todos vocês por esta oportunidade. Tenho certeza que irei sair daqui com uma bagagem muito grande de novos conhecimentos e com isso terei novas oportunidades em minha vida”, disse.

O programa Inclusão Digital Rural é oferecido pelo Senar com o objetivo de oferecer oportunidade ao homem do campo e suas famílias de obterem informações básicas de informática, novas tecnologias e ferramentas de gestão, contribuindo para que os produtores rurais alcancem eficiência e aumento da produtividade nas atividades desenvolvidas nas propriedades rurais.

Comentários pelo Facebook: