Servidor aposentado do TRT é preso acusado de estuprar neta e sobrinha em Araguaína

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Servidor foi preso em Brasília (DF)

Um servidor público aposentado do Tribunal Regional do Trabalho do Tocantins (TRT-10) foi preso preventivamente, na última terça-feira (20), acusado de estuprar a própria neta, de 10 anos, e uma sobrinha. Os crimes ocorreram em Araguaína.

Os fatos foram denunciados à polícia em setembro de 2017, quando foi instaurado inquérito e iniciadas as investigações. Argel Ferreira Madureira, de 60 anos, foi indiciado pelo crime de estupro de vulnerável e teve a prisão decretada pela Juízo da Vara da Infância e Juventude de Araguaína, mas fugiu da cidade. Ele é também suspeito de abusar de outras duas crianças.

O servidor aposentado foi encontrado escondido na casa da mãe, em Taguatinga Sul (DF), depois de uma denúncia anônima sobre um homem que possuía um mandado de prisão. Ele deve ser recambiado em breve para Araguaína.

O homem foi localizado e preso pela Polícia Militar do Distrito Federal. Ele não ofereceu resistência à prisão.

Comentários pelo Facebook: