Seet
Sobral – 300×100

Servidora pública é estuprada na madrugada do Dia Internacional da Mulher

Mara Santos - |
Imagem ilustrativa
A vítima do estupro prestou depoimento nesta quinta-feira

O Dia Internacional da Mulher deixará de ser uma data lembrada por homenagens e demonstrações de carinho para uma servidora pública da cidade de Guaraí. A mulher, de 53 anos, foi estuprada por volta das 5h desta terça-feira, na região central da cidade.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima relatou que seguia para o trabalho quando foi abordada pelo autor, que a ameaçou de morte e, fazendo uso de força física, a arrastou para um lote baldio, onde o crime foi consumado. A vítima afirmou ainda que o autor cobria o rosto e a ameaçava para que não o olhasse. Ela soube informar apenas que trata-se de um homem alto, moreno, aparentando ter entre 25 e 35 anos de idade.

Devido ao horário, não havia movimento na rua, o que impossibilitou que a vítima pudesse gritar por socorro. As polícias Civil (PC) e Militar (PM) realizam diligências pela região no intuito de localizar o suspeito.

Dados Nacionais

Segundo dados divulgados pela Agência Brasil, no comparativo entre 2015 e 2014, a Central de Atendimento à Mulher (Ligue 180) contabilizou aumento de 129% no número de relatos de violência sexual (estupro, assédio, exploração sexual), com a média de 9,53 registros por dia.

Do total de 3.478 relatos de violência sexual registrados em 2015, 2.731 eram de estupro (78,52%); 530 de exploração sexual (15,24%); e 217 de assédio sexual no trabalho (6,24%).

O balanço divulgado hoje (08/03), Dia Internacional da Mulher, também contabilizou em 2015 aumento de 154% no número de estupros registrados, com a média de 7,5 casos por dia, e aumento de 102% no número de relatos de exploração sexual, com a média de 44 registros por mês. A cada três horas, um estupro é relatado ao Ligue 180, segundo a Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM).

 

Comentários pelo Facebook: