Sobral – 300×100
Seet

Sesau diz que já pagou tratamento de criança com aneurisma, porém hospital exige mais R$ 116 mil

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
A criança está internada no Hospital Infantil de Palmas

O Governo do Estado do Tocantins, através da Secretaria da Saúde (Sesau), afirmou que já pagou o procedimento cirúrgico e o retorno da cirurgia do pequeno Júlio César da Silva, de 4 anos, ao Hospital da Beneficência Portuguesa, sediado em São Paulo. A criança está sofrendo graves consequências de uma operação na cabeça.

Júlio César tem um aneurisma gigante na carótida externa, fez a cirurgia em fevereiro de 2016 e deveria ter voltado em julho para o retorno. Conforme a Sesau, a criança está internada no Hospital Infantil de Palmas (HGP) recebendo acompanhamento de equipe especializada enquanto aguarda retorno do atendimento.

Em nota, a Sesau disse que o Estado efetuou o pagamento de R$ 142.821,97 pelo procedimento cirúrgico do paciente, sendo R$ 16.856,21 referente ao pagamento complementar da cirurgia realizada e R$ 5.540,00 referente ao retorno.

“Após realizar estes pagamentos, foi solicitado agendamento do retorno para o paciente, mas o Hospital da Beneficência Portuguesa de São Paulo se recusa a receber e ainda solicita o pagamento de mais R$ 116 mil para realizar o atendimento”, afirmou.

A secretaria informou também que já solicitou que a Justiça obrigue o hospital a receber Júlio César, tendo em vista que a complicação cirúrgica ocorreu no atendimento realizado pelo hospital. “A Saúde aguarda a manifestação da Justiça e informa que as passagens aéreas e ajuda de custo para a transferência do paciente estão garantidas pela Secretaria de Saúde”, concluiu.

Entenda

Júlio César e sua mãe, Elizabeth Neves da Silva, são de Araguaína. Ele foi encaminhado para Palmas e somente um ano depois a cirurgia foi realizada, em São Paulo. O retorno ficou marcado para ocorrer no dia 16 de julho de 2016, mas não foi realizado.

Júlio começou a sentir dores. Um espante foi implantado em sua cabeça e seu organismo está rejeitando o material. O fio guia da cirurgia está descendo para sua garganta.

Veja

Criança de Araguaína com aneurisma luta pela vida e mãe faz apelo devido ao descaso das autoridades

Comentários pelo Facebook: