Sobral – 300×100
Seet

Sisepar lamenta morte de agente de trânsito; reunião é marcada para discutir segurança dos profissionais

Agnaldo Araujo - | - 562 views
Foto: Facebook
O agente morreu em pleno exercício da sua função

O sindicato dos servidores públicos municipais de Araguaína (Sisepar) afirmou que a morte do agente de trânsito Agenison Pereira Jorge, além de representar uma dor imensa aos familiares e amigos, é um golpe sentido também por todos os servidores públicos da cidade.

Agenison foi baleado na Avenida 1° de Janeiro, na última sexta-feira (27/05) no exercício da função e morreu após dar entrada no Hospital Regional de Araguaína. Conforme o sindicato, o servidor contribuiu no curto tempo de atividade, com dedicação, profissionalismo, honestidade e comprometimento com sua função.

O presidente do Sisepar, Carlos Guimarães Valadares, e o secretário do sindicato, Dilson Junior S. Costa, afirmaram, em uma nota de pesar, que o Sisepar já marcou uma reunião para a próxima segunda-feira (30/05) com os agentes de trânsito para que seja tomada as providencias cabíveis em relação a segurança dos profissionais. “É inconcebível que um jovem morra de maneira tão brutal apenas por ser o que é”, afirma a nota.

Na nota é reiterado também que todos estão profundamente abalados com o ocorrido e que se solidarizam com todos os integrantes da AMTT, pelo falecimento do agente de trânsito. “Quando um servidor público morre em pleno cumprimento do dever torna o fato ainda mais lamentável. Esperamos que Deus conforte a família e proteja a todos os componentes da agencia de trânsito”, finalizou.

Insegurança dos servidores

Conforme o Sispar, não é de hoje que os servidores vêm sofrendo com a insegurança. “Por várias vezes agentes de saúde sofreram assaltos assim também como nossas unidades básicas de saúde viraram alvo de assaltantes e agora o pior ocorreu com a morte de um servidor que no ato de sua função foi brutalmente assassinado”, afirma a nota.

Comentários pelo Facebook: