Seet
Sobral – 300×100

Suposta extinção do GIRO deixa população de Araguaína apreensiva; Comando nega

Mara Santos - |
Foto: PM/Divulgação
Giro deixa de integrar a CIOE, com sede em Palmas, e passa a fazer parte do 2ºBPM

A suposta extinção do Grupo de Intervenção Rápida e Ostensiva (GIRO) em Araguaína deixou a população apreensiva. A notícia surgiu depois que o Comandante Geral da Polícia Militar (PM) do Tocantins, Glauber de Oliveira Santos, determinou através da Portaria 181/2016, na última terça-feira (29/03), a transferência das equipes da Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE) para o 2º Batalhão da PM. Ao todo, foram 12 policiais transferidos.

Na prática, a PM explica que a transferência significa apenas uma mudança administrativa. O GIRO em Araguaína deixa de integrar o 2º Pelotão da CIOE, com sede administrativa em Palmas, e passa a fazer parte do 2º BPM. A justificativa, segundo a portaria, é a necessidade de ajustes, com vistas à eficiência operacional e administrativa.

O temor da população diante da suposta possibilidade de extinção do GIRO é um reconhecimento à importância do trabalho desenvolvido pela equipe, que atua com maior agilidade em ocorrências que envolvam principalmente infratores  que utilizam motocicletas para cometer crimes.

Comentários pelo Facebook: