Seet
Sobral – 300×100

Suspeito de assaltos a bancos no norte do Estado morre em troca de tiros com a DEIC

Redação - |
Foto: Divulgação
Polícia teria sido recebida a tiros na casa do suspeito

Márcia Costa // AF Notícias 

Ao trocar tiros com a Polícia Civil, um dos suspeitos de participar do assalto ao Banco do Brasil em Filadélfia no dia 28 de outubro, acabou morto na manhã desta terça-feira (07), na zona rural de Wanderlândia, região norte do Estado.

A operação Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic Norte), Deic Palmas e Grupo de Operações Táticas Especiais chegou até uma chácara na zona rural, onde o suspeito Reginaldo Sousa Santos, de 39 anos, conhecido como”Regis Macacão”, estava com sua esposa e filho. Reginaldo já era conhecido da polícia em razão da Operação Detalhes, quando foi autuado por associação ao tráfico.

De acordo com o delegado da Deic Norte, José de Anchieta, quando a equipe chegou na chácara, o suspeito tentou fugir e atirou contra a polícia, que por sua vez teria revidado e Reginaldo acabou morto. Dentro da residência, foram apreendidos R$ 5.200 – dinheiro roubado do Banco de Filadélfia. Algumas cédulas estavam com marcas de tintas e outras queimadas.

A Polícia suspeita que o homem também participou do assalto ao carro-forte da empresa Prossegur, na BR-153, próximo a Guaraí, e do assaltos no dia 03 de novembro às agências bancárias em Xambioá, onde bandidos aterrorizaram a cidade.

Dinheiro recuperado na residência do suspeito

Comentários pelo Facebook: