Sobral – 300×100
Seet

Suspeito de contrabando é preso com mais de 20 mil carteiras de cigarros em residência

Agnaldo Araujo - | - 823 views
As caixas de cigarro estavam dentro de um quarto da residência do acusado

A Polícia Civil do Tocantins prendeu em flagrante Júlio César Santos Sako com 24 mil carteiras de cigarros escondidas em sua residência, na manhã desta quarta-feira (18), no Setor Planalto em Araguaína. Ele foi autuado pelo crime de contrabando ou descaminho. A prisão foi realizada através da Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic/Norte).

A polícia informou que Júlio César já estava sendo investigado e, na noite desta terça-feria (17), uma equipe avistou um caminhão sendo descarregado em sua residência quando fazia levantamentos pela cidade. A situação suspeita chamou a atenção dos policias, pois a carga foi descarregada em uma residência e num horário nada habitual.

No entanto, os policiais não agiram naquele momento. Eles retornaram ao local somente por volta das 10h da manhã desta quarta-feira e encontraram apenas a avó da esposa do investigado quando chegaram. Ela autorizou a entrada e a equipe deu início às buscas na residência. Num dos quartos foram encontradas diversas caixas de cigarros de marcas diversas (Calvert, Mix, Lowtar e Migthy), totalizando mais de 24 mil carteiras de cigarros.

Júlio César chegou na residência, juntamente com sua esposa, enquanto os policiais realizavam as buscas na casa. Ao ser questionado sobre os cigarros encontrados, ele afirmou que o material apreendido é de sua propriedade e que pagava R$ 800 por cada caixa com 50 carteiras.

Júlio César foi conduzido à sede da Deic, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante e depois foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Araguaína.

Comentários pelo Facebook: