Sobral – 300×100
Seet

Suspeito de participar da morte do Cabo Dione é baleado pelo COE em suposta troca de tiros

Mara Santos - |
Matuzalem Sousa da Silva é acusado de envolvimento na morte do Cabo Dionedith Macedo
Matuzalem Sousa da Silva é acusado de envolvimento na morte do Cabo Dionedith Macedo

Um dos suspeitos de participação no tiroteio que resultou na morte do cabo da Polícia Militar (PM) Dionedith Macedo e mais outras duas pessoas, em 2013, foi baleado na noite desta quarta-feira (06/04), após resistir à prisão e trocar tiros com a PM. Matuzalem de Sousa Silva, 30 anos, é apontado, segundo as investigações, como a pessoa que entregou a arma ao homem que atirou contra o cabo Macedo.

De acordo com o responsável pela equipe do Comando de Operações Especiais (COE) da PM, ao tentar cumprir o mandado de prisão temporária do suspeito numa residência localizada no Setor Oeste, a equipe teria arrombado o portão e adentrado o lote, situação em que é padrão a utilização de escudo.

Ao se aproximar da porta dos fundos, a equipe foi recebida à bala e revidou, atingindo o suspeito. Os disparos efetuados por Silva atingiram o escudo utilizado pelos policiais. Nenhum policial se feriu na ação.

Na casa, a polícia localizou a arma utilizada por Silva, com quatro munições deflagradas e duas intactas. Ele portava uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com identidade falsa. Dois filhos do suspeito estavam em um dos quartos da casa, o Conselho Tutelar foi acionado e retirou as duas crianças do local. Segundo informações, a mãe dele estaria no trabalho.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e encaminhou Silva ao Hospital Regional de Araguaína (HRA). Ele teria sido atingido por cinco disparos. Ainda não há informações sobre seu estado de saúde.

Comentários pelo Facebook: