Suspeitos de executar jovem com tiro na nuca em Araguaína são presos no Pará

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação/SSP
Suspeitos presos no Pará

A Polícia Civil do Tocantins prendeu Gilson Nascimento Camargo, vulgo ‘Dandão’, e Willian da Conceição Barros, vulgo ‘Lau’, no Estado do Pará nessa sexta-feira (27).

Os dois são suspeitos de executar Gabriel Matos da Silva, de 16 anos, com um tiro na nuca na noite do dia 30 de julho de 2017, no Setor Barros, em Araguaína.

O delegado regional Bruno Boaventura afirmou que as investigações da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) apontaram que Gilson e Willian abordaram a vítima e outro homem na rua 01 do referido setor, por volta da meia noite.

Conforme a Polícia Civil, eles conversaram sobre crimes e, em um determinado momento, ‘Lau’ e ‘Dandão’ efetuaram disparos de arma de fogo contra Gabriel. Segundo o delegado, apenas o tiro de Gilson atingiu fatalmente a nuca da vítima. A polícia não revelou qual seria o motivo da execução.

Após o crime, os dois suspeitos fugiram, mas foram encontrados no Distrito de São José, município de Xinguara, no Pará. Eles estão à disposição da Justiça na Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA).

Veja mais…

Adolescente de 16 anos em liberdade há poucos dias é morto com tiro na cabeça

Comentários pelo Facebook: