Sobral – 300×100
Seet

Tiroteio mata três pessoas e deixa duas feridas em residência em Porto Nacional

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação
O caso ocorreu em Porto Nacional

Dois homens encapuzados mataram três pessoas e deixaram duas feridas em Porto Nacional, por volta das 22h10 desta segunda-feira (25). As vítimas estavam conversando na porta de uma residência quando foram surpreendidas pelos suspeitos.

O caso ocorreu no Setor Tropical Palmas. Pedro Oliveira Filho, de 47 anos, e o sobrinho dele, Douglas Alexandre Costa de Oliveira, de 22 anos, morreram. Pedro foi atingido na cabeça e nas costas e Douglas também levou um tiro na cabeça. A outra vítima fatal foi Danilo Batista Rodrigues, de 16 anos, com tiro na coluna.

Ana Caroline Passos dos Reis e Idomar Linhares Diógenes, ambos de 18 anos, também foram atingidos e levados com vida ao hospital em Porto Nacional. Conforme a Polícia Militar, os suspeitos chegaram a pé, atiraram e fugiram.

Um jovem que mora na residência onde os tiros foram realizados havia sido preso pela PM momentos antes. Ele estava perto da residência com um grupo de amigos e quando viu os policiais se aproximando jogou um aparelho celular num terreno. Ele foi levado à delegacia de Polícia Civil, foi ouvido e liberado.

Esse jovem também estava conversando com o grupo na porta da casa, mas não foi atingido. Dos três que morreram, dois são da família dele: o pai Pedro Oliveira e o primo Douglas Alexandre.

OUTROS CASOS 

A cidade de Porto Nacional também foi palco de fatos tristes entre a sexta-feira (22) e sábado (23). O policial militar Rubim Lopes Monteiro, de 33 anos, foi morto a tiros na rua de sua residência numa emboscada. Ele ainda teve a cabeça e rosto agredidos com tijolos e pedaços de pau.

O policial atingiu um dos suspeitos antes de ser morto e ele foi encaminhado ao hospital. Mas Daniel Ferreira de Souza foi retirado da ambulância por um grupo encapuzado e executado a tiros na TO-050 enquanto era transferido para receber cuidados médicos em Palmas.

No sábado, uma viatura da Força Tática ainda capotou após bater num veículo de passeio enquanto seguia para o velório do policial. Dois PMs ficaram feridos.

Com informações do G1-TO.

VEJA MAIS…

Acusado de matar PM é retirado de ambulância e executado a tiros enquanto era socorrido

Viatura da Força Tática capota enquanto seguia para velório de PM morto em Porto Nacional

Comentários pelo Facebook: