Seet
Sobral – 300×100

Trabalhadores da UPA e do Hospital Municipal de Araguaína estão com salários atrasados

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Trabalhadores da UPA e do Hospital Municipal de Araguaína estão com salários atrasados.

Cerca de 380 funcionários que trabalham nas unidades de saúde de Araguaína (TO) que são gerenciadas pelo Instituto Brasileiro de gestão Hospitalar (IBGH) estão com os salários atrasados.

Conforme a lei trabalhista, o pagamento dos trabalhadores deve ser efetuado, o mais tardar, até o quinto dia útil do mês subsequente ao vencido. Neste caso, os profissionais deveriam ter recebido o pagamento referente a março até o dia 7 de abril, o que não ocorreu.

Os trabalhadores reclamam que o atraso salarial provoca desequilíbrio no orçamento familiar e consequente atraso nos compromissos pessoais.

Em nota ao AF Notícias, o IBGH informou que o pagamento do mês de abril ainda não foi efetuado devido a um atraso no repasse do aporte mensal por parte da Prefeitura de Araguaína. Segundo a nota, a previsão é que a situação seja normalizada na próxima terça-feira, dia 12.

O IBGH assumiu, em 1º de novembro de 2015, a gestão da Unidade de Pronto Atendimento (UPA do Setor Araguaína Sul) e do Hospital Municipal (HMA), com contrato no valor de R$ 55 milhões e vigência de dois anos. O valor mensal é de aproximadamente R$ 2,3 milhões.

Comentários pelo Facebook: