Trecho da TO-335 segue interditado e sem sinalização: ‘abandono total’, diz vereador

Agnaldo Araujo - | - 603 views
Foto: Divulgação
As obras no local devem ser finalizadas nessa semana

Márcia Costa//AF Notícias

A demora na recuperação do trecho da rodovia TO-335, que rompeu entre Palmeirante e Colinas, tem causado vários transtornos aos moradores da região e também prejudicado o transporte de grãos. Outro problema é falta de sinalização no local.

A rodovia foi totalmente interditada no dia 9 de abril devido ao rompimento de uma galeria próximo ao Córrego Cunhã durante as fortes chuvas, há quase um mês.

O vereador Adiel Leal (PRB), de Palmeirante, denunciou ao AF Notícias o risco que as pessoas estão passando em razão da falta de sinalização precária e demora para recuperar o trecho.

“A cratera que se abriu na pista encontra-se sem nenhum bloqueio ou qualquer sinalização que avise sobre o obstáculo à frente. A qualquer momento, um carro ou moto poderá cair lá dentro, principalmente à noite”, disse o vereador.

O problema na rodovia mudou radicalmente a rotina de acadêmicos de Palmeirante que estudam em Colinas e também da população da zona rural.

Segundo o vereador, os cerca de 500 caminhões que passavam pelo local para descarregar grãos no Porto da VLI também estão tendo prejuízos. “Donos de transportes alternativos e empresas de passageiros somam prejuízos há mais de 30 dias por causa dessa situação e pela buraqueira e crateras no antigo asfalto da rodovia que agora virou chão batido, abandono total”, afirmou.

Outro lado

Ao AF Notícias, a Secretaria de Infraestrutura do Governo do Estado informou que a obra está prevista para ser finalizada ainda nessa semana, mas não se pronunciou sobre os outros questionamentos.

Foto: Divulgação
Pista não está interditada perto da obra
Foto: Divulgação
A situação oferece riscos aos motoristas, segundo o vereador Adiel

Veja mais

Bueiro rompe e TO-335 fica totalmente interditada entre Colinas e Palmeirante

Comentários pelo Facebook: