‘Trevo da morte’ registra mais um acidente com vítima fatal na capital do Tocantins

Agnaldo Araujo -
Motociclista teria sido fechado por um carro e perdeu o controle da moto

Nielcem Fernandes // AF Notícias

Mais um acidente de trânsito com vítima fatal foi registrado na manhã desta quinta-feira (24) entres as avenidas Teotônio Segurado e LO 29, em Palmas. O local já é conhecido como ‘Trevo da Morte’ devido ao grande número de acidentes ocorridos nos últimos dias.

A vítima foi identificada inicialmente como Daniel Heverton. Segundo informações preliminares, ele seria morador de Lajeado e trabalhava como segurança no Tribunal de Justiça.

O acidente aconteceu por volta das 7 horas da manhã. Segundo testemunhas, o motociclista teria perdido o controle ao ser fechado por um carro de passeio. Em seguida, Daniel colidiu em um poste de energia elétrica e morreu na hora. O motorista do carro não parou para prestar socorro, ainda segundo testemunhas.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado, mas apenas constatou o óbito do motociclista. O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal.

Foto: Divulgação
É a segunda morte registrada em menos de 15 dias no Local

É o segundo acidente com vítima fatal registrado em menos 15 dias no local. No último dia 11 um jovem de apena 19 morreu em decorrência de um acidente de trânsito.

Maio Amarelo

De acordo com os dados da Secretaria de Mobilidade Urbana da capital, em pleno maio amarelo, mês de combate à violência ao trânsito, mais de 310 acidentes foram registrados apenas em Palmas.

O local onde aconteceu o acidente nessa manhã é um cruzamento movimentado e motoristas já vêm solicitando a instalação de um semáforo para controlar o trânsito na região.

O Movimento em  2018

Com o mote ‘Nós somos o trânsito’ o Movimento chega à sua 5ª edição e fomenta na sociedade discussões e atitudes voltadas à necessidade urgente da redução do número de mortes e feridos graves no trânsito. O tema foi discutido com a Associação Nacional de Detrans (AND) e foi apresentado em reunião do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Assim como em 2017, o tema de 2018 propõe o envolvimento direto da sociedade nas ações e propõe uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. Trata-se de um estímulo a todos os condutores, seja de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a optarem por um trânsito mais seguro.

Comentários pelo Facebook: