Seet
Sobral – 300×100

Única companhia aérea que opera em Araguaína é vendida e pega usuários de surpresa

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
A empresa Passaredo Linhas Aéreas foi vendida

A Passaredo, única empresa aérea que opera no aeroporto de Araguaína, foi vendida para uma empresa de ônibus. A Passaredo foi a única companhia a continuar realizando voos para a cidade desde o início da atual crise econômica. Em 2014, três empresas atuavam em Araguaína.

A Passaredo Linhas Aéreas foi comprada pelo Grupo Itapemirim, que realiza transporte rodoviário de passageiros e cargas. O valor da venda não foi divulgado, mas a notícia pegou os passageiros de surpresa. A venda da empresa também ocorreu em meio ao processo de reforma do aeroporto de Araguaína.

Há quem espera por melhorias e que mais voos sejam ofertados na cidade. “Espero que faça melhorar e não piorar. Porque pior do que está não tem como”, disse o taxista Luciano Ferreira. O Grupo Itapemirim e a Passaredo vão ficar responsáveis juntos pelos voos em Araguaína, ao menos pelos próximos dois meses.

A empresa aérea atende 20 cidades em nove Estados. O motivo da venda também não foi divulgado. Mas em 2016, a empresa chegou a demitir 200 funcionários e deixou de atender algumas cidades diante da crise. Há quatro anos a Passaredo está em recuperação judicial.

Reforma do aeroporto

A reforma do Aeroporto de Araguaína estava prevista para iniciar no primeiro semestre de 2017. Um Decreto chegou a ser publicado no Diário Oficial do município autorizando a desapropriação de interesse público para execução das obras do aeroporto. No total, 100 lotes em áreas localizadas no Setor Nova Araguaína seriam desapropriados. A quantia de R$ 65 milhões para a reforma estava liberada.

Com informações do G1 – Tocantins

Comentários pelo Facebook: