Seet
Sobral – 300×100

UPA da Vila Norte é uma das mais de 500 unidades no país que estão prontas, mas sem funcionar

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação
A UPA da Vila Norte em Araguaína está sem funcionar desde 2012

A UPA do Setor Vila Norte em Araguaína (TO) faz parte de mais 500 unidades em todo o Brasil que estão prontas, mas sem funcionar. O tema foi destaque em matéria veiculada no programa Bom Dia Brasil, da Rede Globo.

Em todo o país, 188 UPAs estão prontas, mas não funcionam. Trezentas e vinte e quatro estão em construção. O Governo Federal paga boa parte da obra e depois ajuda com recursos para a manutenção, mas o município e os estados têm que entrar com dinheiro para comprar medicamentos, pagar salários e tem que cumprir algumas regras, como manter a UPA funcionando 24 horas por dia com um número determinado de médicos. O problema é que está faltando dinheiro para bancar esses custos.

A matéria cita que o ministro da Saúde, Ricardo Barros, reconheceu que o governo acabou autorizando a construção de um número de UPA’s bem maior do que o previsto inicialmente. Ainda de acordo com a matéria, tanto o Governo Federal quanto os estados e municípios têm dificuldade de bancar as UPA’s.

Nós poderemos fazer com que essas estruturas prontas, os prédios de UPA’s, possam funcionar com uma exigência menor de pessoal, de turnos, e prestarem algum serviço à sociedade”, explicou o ministro.

O Tribunal de Contas da União disse que cabe ao Ministério da Saúde mudar as regras para o funcionamento das UPA’s.

UPA da Vila Norte

A UPA de Araguaína está sem funcionar desde 2012. Desde 2013, quando a atual gestão assumiu, já foram realizadas diversas reuniões com técnicos do Ministério da Saúde para alterar a funcionalidade da unidade. O objetivo é abrir com outros serviços em saúde, mas aguarda autorização por parte do Ministério com a liberação de recursos.

Confira a matéria veiculada no Bom Dia Brasil clicando aqui.

Comentários pelo Facebook: