UTI Pediátrica de Araguaína volta a funcionar com apenas 50% dos leitos disponíveis

Agnaldo Araujo - |
Foto: Marcos Filho
A UTI Pediátrica volta a funcionar

Os últimos ajustes que faltavam já foram realizados e a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica de Araguaína, no norte do Tocantins, está apta a receber crianças a partir desta sexta-feira (20).

Dos 10 leitos que a UTI irá ofertar, 5 já estarão abertos nesta sexta, conforme prazos estipulados pela equipe técnica. O funcionamento total da unidade só vai ocorrer a partir do dia 1º de agosto deste ano.

A UTI Pediátrica começou a funcionar no dia 23 de abril, mas foi interditada um mês depois pela justiça em decorrência de uma série de irregularidades apontadas pelo Ministério Público Estadual.

Houve audiências durante o período em que a unidade esteve interditada e foram ajustados materiais, equipamentos, infraestrutura, recursos humanos, dentre outros.

Toda a equipe médica foi reformulada e adequada conforme estabelece o Ministério da Saúde (MS), bem como realizada seleção para a admissão da equipe de enfermagem e fisioterapia, com perfil adequado e preferencialmente com experiência na assistência pediatria e terapia intensiva”, explicou a diretora geral, Maria Dulcimary Fonseca.

Toda a equipe recebeu treinamento e estão atuando nas unidades assistenciais do hospital há mais de 30 dias.

A unidade, que irá receber crianças de Araguaína e de todo o Estado, será mantida em convênio tripartite pelo Município, Estado, Governo Federal e Fundo da Infância e Adolescência (FIA).

O Município de Araguaína é responsável pela gestão da UTI Pediátrica e gerida pela Organização Social (OS) Instituto Saúde e Cidadania (ISAC).

Unidade humanizada

A obra da UTI Pediátrica, executada pela Prefeitura de Araguaína, contou com investimentos na ordem de R$ 440 mil e ficou pronta em outubro do ano passado.

A unidade conta com layout moderno, dentro do projeto de humanização da Prefeitura, com base no Ministério da Saúde. Os equipamentos e o corpo técnico para atendimento na unidade são custeados pelo Estado.

(Gláucia Mendes)

Veja mais…

Justiça interdita UTI Pediátrica de Araguaína um mês após a inauguração

Comentários pelo Facebook: