Veja quem são os 13 candidatos acusados de fraude no concurso da PM do Tocantins

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Várias pessoas presas na operação que investiga fraude no concurso da PM-TO

A Polícia Civil do Tocantins divulgou os nomes das 13 pessoas presas na ‘Operação Aleteia’ que investiga possível fraude no concurso público da Polícia Militar do Estado.

Os mandados judiciais foram cumpridos nesta quinta-feira (21) nos Estados do Maranhão e Piauí numa ação coordenada pela Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic Norte).

Os suspeitos foram presos em cinco cidades, incluindo o homem que seria o líder da quadrilha, Antônio Ferreira Lima Sobrinho, conhecido pela alcunha de “Antônio Concurseiro”.

De acordo com a polícia, Antonio já havia sido preso no Maranhão em 2012 acusado de outras fraudes, sendo considerada a pessoa que faz as provas e repassa gabaritos a outros candidatos. Ele já obteve mais de 30 aprovações em certames públicos.

Confira abaixo as prisões.

Em Santa Inês (MA) e Pindaré Mirim (MA):

Wylmerson Rubem dos Santos Silva

Mailson de Paiva Vieira

Renner Ferreira Moraes Mendes

Luís Fernando Melo Nascimento

Flaviania Silva Furtado

Jhonata Araújo Cantuario

Em Teresina (PI):

Antônio Ferreira Lima Sobrinho

Aline Oliveira Santana

Gabriela Oliveira de Santana

Em São Luís (MA):

Dionatan Soares Belfort

Em Zé Doca (MA):

Fernandes da Silva Souza

Abimael Silva Almeida

Hagaer da Silva Lima

As prisões são temporárias, com duração inicial de cinco dias, para fins de investigação e todos os investigados estão sendo recambiados para Araguaína.

As provas do concurso da Polícia Militar do Tocantins foram aplicadas no dia 11 de março para mais de 80 mil inscritos. Porém, o concurso está suspenso por determinação da Justiça até o fim do processo eleitoral da eleição suplementar que escolherá o governador para o mandato tampão de 6 meses.

A investigação começou depois que um aparelho celular foi encontrado dentro do cesto de lixo de banheiro masculino em um dos locais de provas em Araguaína com vários gabaritos.

Veja mais…

Fraude no concurso da PM-TO: ‘Concurseiro’ respondia provas e repassava gabarito para candidatos

‘Concurseiro’ é apontado como líder da quadrilha que fraudou concurso da PM do Tocantins

Comentários pelo Facebook: