Sobral – 300×100
Seet

Vereador denuncia descaso no tratamento de pacientes renais crônicos em Araguaína

Redação -
Foto: AF Notícias
Vereador Wagner Enoque

Márcia Costa // AF Notícias

“Sou pai de quatro filhos e hoje me encontro nessa situação, aguardando por uma vaga no Instituo de Doenças Renais. O problema maior é que tem vaga, mas a demora é grande para ser liberada”, relatou um dos 15 pacientes que aguardam na fila de espera para receber tratamento, Lucas de Almeida.

Ele é portador de insuficiência renal crônica e além de conviver com os transtornos da doença, teme a depressão, pois a falta de tratamento adequado afeta o emocional dos pacientes.

A história de Lucas foi encontrada pelo vereador Wagner Enoque (PRB) durante uma visita ao Hospital Regional, a convite do amigo há mais de 10 anos. Além de Lucas, o parlamentar conheceu outras histórias de pacientes que vivem a mesma situação, aguardando tratamento no Instituto.

Para resolver este problema, o vereador Wagner apresentou, na tarde desta terça-feira (07), na Câmara Municipal, um requerimento (nº 1821/17) solicitando uma audiência urgente para discutir a longa fila de pessoas que aguardam vagas no Instituto de Doenças Renais.

O requerimento aprovado pelos vereadores convida o diretor técnico geral do Instituto de Doenças Renais, Marcos Antonio Correia Galvão, o coordenador da Regulação Estadual, Bento Ribeiro, o secretário municipal de Saúde Jean Luiz Coutinho, o defensor público Sandro Ferreira, e o representante dos pacientes da fila de espera, Lucas de Almeida, a compareceram na Câmara para discutir o assunto. A expectativa é que a audiência ajude a resolver o problema.

Uma fila onde pessoas estão há mais de sete meses aguardando atendimento. Venho trazer esse pedido para que seja realizada uma sessão com os representantes da Nefrologia, do município, Estado e da Defensoria Pública”, disse o parlamentar.

Atualmente existem cerca de 150 pacientes que fazem tratamento no Instituto de Doenças Renais em Araguaína.

Comentários pelo Facebook: