Sobral – 300×100
Seet

Vereador e assessor jurídico são acusados de espancar homem no norte do Estado

Agnaldo Araujo - - 754 views
Foto ilustrativa. Imagens do jovem agredido abaixo.

Márcia Costa//AF Notícias

O assessor jurídico da prefeitura de Araguatins (TO), Antônio Edson, mais conhecido como ‘Pequeno’, e o vereador Miguel da Silva (PMDB), popular ‘Miguel Cajueiro’, estão sendo acusados de espancar um homem de 30 anos durante o show do cantor Mano Valter, que fazia parte da programação da Exposição Agropecuária da cidade (Expoatins).

O caso teria ocorrido na última sexta-feira (06) no Parque de Exposições do município, tendo como suposta vítima Roger Conrado da Silva. Ele já registrou um Boletim de Ocorrência na Polícia Civil.

Roger disse que as agressões começaram quando ele tentou separar a briga de Antônio Edson (assessor jurídico) com a namorada, para protegê-la de possíveis agressões. “Eu recebi um soco e quando caí os amigos do assessor me deram chutes e pontapés”, relatou.

A vítima disse também que o vereador Miguel do Cajueiro, que estava na companhia do assessor jurídico, teria usado uma cadeira de ferro para agredi-lo. “Ele estava com uma cadeira na mão, de metal, e veio na minha direção e jogou na minha cabeça, como se quisesse me matar mesmo”, disse.

O homem sofreu traumatismo craniano leve e foi encaminhado pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital de Augustinópolis. O corte na cabeça levou 11 pontos.

O assessor jurídico e o vereador negam que tenham espancado a vítima. Antônio Edson disse que levou um murro de Roger e que sua única reação foi dar um empurrão e sair do local. Ele confirmou que realmente discutiu com a namorada.

O vereador também negou participação na agressão de Roger. “Estava junto com a Corporação da Polícia Militar, que são minhas testemunhas, não estou envolvido com nenhum problema”, disse o vereador.

Foto: Divulgação
O jovem ficou com um grande corte na cabeça

Comentários pelo Facebook: