Seet
Sobral – 300×100

Vereador Leonardo Lima pede mobilização da sociedade contra fechamento de escola

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação
O vereador Leonardo Lima busca solução para evitar fechamento da escola

Márcia Costa//AF Notícias

O vereador Leonardo Lima (PRTB) criticou a decisão da Congregação Orionita em fechar a Escola Paroquial Sagrado Coração de Jesus, que tem mais de 60 anos de história em Araguaína. O parlamentar também questionou a falta de diálogo com os pais, alunos e professores.

Uma sessão na Câmara Municipal foi realizada nesta terça-feira (10) para tentar encontrar uma solução que evite o fechamento da escola, mas nem todos os convidados compareceram. O representante das escolas paroquiais, padre Eduardo Caliman, e a diretora Regional de Educação, Maria Florismar do Espírito Santo, não foram ao debate, não avisaram e nem mandaram representantes.

A escola está prevista para ser fechada no dia 31 de dezembro de 2017. A congregação alega que o prédio está deteriorado e colocando em risco a integridade física dos alunos e professores, mas Leonardo Lima suspeita que esse não seja o real motivo.

É muito estranho fechar a escola por causa do prédio velho. Precisamos de uma solução que não inclua o fechamento de uma escola que tem longa história em nosso município”, disse.

O vereador também ressaltou que a comunidade, pais, alunos e professores não querem o fechamento da unidade. “Está estampado para quem quiser ver que os pais, alunos e professores não concordam com o fechamento da escola. Foi uma decisão única da Congregação, que em nenhum momento ouviu o anseio da comunidade. Se em debate como esse eles se ausentam, imagina a dificuldade dessas pessoas em conversar com esses representantes!”, pontuou.

Leonardo Lima aproveitou para convocar a sociedade para ir à luta. “Acredito que temos que nos mobilizar, não podemos ficar parados. Se necessário, vamos acampar em frente a escola e fazer vigília para que a população seja ouvida pela Congregação. É o desejo da comunidade que não quer o fechamento da escola”, finalizou o vereador.

LEIA TAMBÉM

Governo e igreja boicotam debate na Câmara sobre fechamento de escola tradicional de Araguaína

Comentários pelo Facebook: