Sobral – 300×100
Seet

Vereador Wagner Enoque solicita à vice-governadora Núcleo Acolher em Araguaína

Agnaldo Araujo - |
Foto: Lourenço Bonifácio
O vereador Wagner Enoque e vice-governadora do Estado, Claudia Lelis

Márcia Márcia//AF Notícias

O vereador de Araguaína, Wagner Enoque, participou na segunda-feira (12)  da inauguração do Núcleo de Atenção à Pessoa com Dependência Química (Núcleo Acolher – Um Recomeço), em Palmas. O núcleo é um projeto do Governo do Estado, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), em funcionamento desde junho de 2016.

Segundo Wagner Enoque, o objetivo do núcleo é trabalhar todos os familiares dos dependentes químicos, por meio de atendimentos e orientações especializadas, além de apoio psicológico e social. O vereador aproveitou a visita para solicitar à vice-governadora Claudia Lelis a implantação de uma unidade em Araguaína.

“Será de grande importância um Núcleo Acolher na cidade de Araguaína. É uma ferramenta excepcional para o bom desenvolvimento do tratamento do dependente químico, articulando com serviços públicos. Fizemos o primeiro contato com a vice-governadora e sabemos que nossa cidade precisa de uma Instituição como essa, com equipe de atendimento multidisciplinar, composta por psicólogo, assistente social, profissional da enfermagem e psiquiatra”, disse o vereador.

Segundo o parlamentar, o gerente de Políticas sobre Drogas afirmou que o compromisso do Governo é abrir unidades em Palmas, Araguaína e Gurupi. A vice-governadora também reforçou que o núcleo será estendido a todo o Estado.  “Já temos o local para instalação da casa“, garantiu o vereador.

De acordo com o gerente de Prevenção sobre Drogas, José Américo Junior, o Núcleo será um centro de referência sobre drogas tanto para os dependentes quanto para as famílias. “O Núcleo Acolher será uma referência, pois reunirá informações, orientações e a possibilidade de encaminhamento, em um só lugar, onde eles poderão procurar ajuda e serem acolhidos da melhor maneira possível, de modo a facilitar a vontade de realizar o tratamento e serem recuperados”, explicou.

Comentários pelo Facebook: