Câmara vota aumento de 30,86% no salário do prefeito, vice e secretários

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Câmara de Babaçulândia

Os vereadores de Babaçulândia (TO) estão prestes a aprovar um aumento salarial de 30,86% para o prefeito, vice e secretários do município. Enquanto a população de Gurupi, sul do Estado, se mobiliza para pressionar a aprovação de uma redução de 72% dos subsídios, a da cidade do norte do Estado faz o caminho inverso em tempos de crise. Os vereadores argumentam que o índice corresponde ao somatório da inflação dos últimos 3 anos.

Caso seja aprovado o aumento, o salário do Chefe do Executivo Municipal vai passar de R$ 12 mil para R$ 15.703 – a partir do dia 01 de janeiro de 2017. A remuneração do vice sairá de R$ 6 mil para R$ 7.851. Já as remunerações dos secretários passarão de R$ 3 mil para R$ 3.925.

O Projeto de Lei que prevê o aumento será votado no início da semana que vem. Na próxima segunda (12), terça (13) e quarta-feira (14) haverá sessão na Câmara para votação da matéria.

O Projeto é datado do dia 05 de dezembro de 2016 e não informa de onde sairá o dinheiro para pagar os aumentos salariais. Nas redes sociais, a população de Babaçulândia já se mobiliza para acompanhar as sessões e pressionar os parlamentares para não aprovarem o aumento.

Eleições 2016

Aleno Dias Guimarães (PMDB) será o prefeito de Babaçulândia pelos próximos quatro anos. Ele derrotou o atual prefeito Franciel (PSB) nas eleições 2016.

Comentários pelo Facebook: