Seet
Sobral – 300×100

Vice-governador de Goiás é baleado e candidato a prefeito morre em atentado durante carreata

Redação AF -
Polícia ainda não sabe a motivação do crime

O ex-prefeito e candidato à prefeitura de Itumbiara (GO) José Gomes da Rocha (PTB), o Zé Gomes, foi morto a tiros durante carreata eleitoral nesta quarta-feira (28) na cidade, localizada a 204 quilômetros de Goiânia. O vice-governador de Goiás, José Eliton (PSDB), participava do ato e também foi baleado. O advogado da prefeitura de Itumbiara, Célio Rezende, também foi atingido.

O crime aconteceu por volta das 18h, quando o carro que levava o candidato e o governador em exercício passava pela avenida Modesto de Carvalho, próximo ao bairro Novo Horizonte. O autor dos disparos e um policial militar morreram minutos depois do atentado em tiroteio.

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram o momento em que o servidor público Gilberto Ferreira do Amaral, 53, disparou contra a carreata. É possível ouvir os tiros na avenida repleta de motociclistas, que acompanhavam a carreata com bandeiras.

Foto: Divulgação
O servidor Gilberto Ferreira do Amaral no momento em que atirou contra a carreata

“Ele dirigia o carro na direção contrária à carreata. Ninguém percebeu o que ele iria fazer até que se ouviu os disparou“, afirmou o internauta, que prefere não se identificar. “Deu para ouvir uma sequência muito grande de disparos. Depois, foi a vez de um dos seguranças da carreata reagir e aí teve mais tiros”, acrescentou.

José Eliton levou dois tiros na região abdominal. O vice-governador passou por uma cirurgia e não corre risco de morte. Ele foi levado de helicóptero a Goiânia, e será internado no Hospital de Urgências Doutor Otávio Lage de Siqueira. Célio Rezende está sendo transferido para o mesmo hospital que atende o governador em exercício.

O atirador era auxiliar de serviços gerais da Secretaria Municipal de Saúde de Itumbiara. No crime, ele usou uma pistola 40 mm. O cabo da Polícia Militar que morreu no tiroteio, Vanilson Rodrigues, fazia a segurança do evento.

O delegado regional de Itumbiara, Ricardo Chueire, afirma que ainda não se sabe a motivação do crime. “Fizemos a perícia no local e no carro do atirador, mas ainda não há pistas do que pode ter motivado o crime.”

Ex-prefeito e candidato

Foto: Divulgação
Zé Gomes (PTB) foi prefeito de Itumbiara e era favorito para o cargo na eleição de 2016

José Gomes da Rocha, o Zé Gomes, tinha 58 anos e era considerado um dos mais ricos políticos do interior goiano. Zé Gomes indicou à Justiça Eleitoral ter patrimônio de R$ 111 milhões, formado em sua maioria por fazendas.

Chamado de “Maluf de Itumbiara” por uma série de acusações, o candidato tentava voltar ao comando da prefeitura, que chefiou de 2005 a 2012. Nestas eleições, ele conseguiu montar uma coligação de 14 partidos, incluindo o PT, o PMDB e o PSDB.

De acordo com a pesquisa eleitoral mais recente, divulgada na terça-feira (27), Zé Gomes ganharia as eleições. O levantamento feito pela Dados Folha apontava que 63,8% do eleitorado iria votar em Zé Gomes. Atrás dele estão Álvaro Guimarães (PR), que tem 17,6% das intenções de voto, e Cesinha (PDT), que tem 3%.

A pesquisa foi feita entre os dias 19 e 22 de setembro, e entrevistou 500 pessoas. A margem de erro é de 5 pontos percentuais para mais ou para menos, e o índice de confiança é de 95%.

Clima de incerteza

Itumbiara é uma cidade do interior de Goiás, perto da divisa com Minas Gerais. Segundo dados do IBGE, de 2013, o município tem 98.484 habitantes. Deles, 67.122 votarão nas eleições deste ano.

O candidato do PDT era apoiado pelo atual prefeito de Itumbiara, Chico Balla (PDT), que segundo o secretário de comunicação, José Ronaldo Borges, cedeu espaço da reeleição para que Zé Gomes se candidatasse. “Ele tinha uma popularidade muito forte em Itumbiara e era um líder político do grupo ao qual o prefeito também faz parte”, disse.

O clima na cidade, segundo Borges, é de consternação. Por isso, ainda não foi discutido os desdobramentos das eleições. “É difícil dizer quais são os desdobramentos. O amanhã é uma incógnita.”

Vice-governador está internado

Foto: Divulgação
O vice-governador José Eliton (PSDB) foi baleado durante carreata em Itumbiara (GO)

José Eliton de Figuerêdo Júnior, baleado nesta terça-feira durante carreata em Itumbiara, tem 44 anos e está em seu segundo mandato como vice-governador de Goiás. Ele está internado e não corre risco de morte, segundo a secretaria estadual de Saúde.

Eleito pelo DEM em 2010 na chapa de Marconi Perillo, o goiano nascido em Rio Verde já trocou de partido duas vezes ao longo dos últimos anos, tendo também passado pelo PP e entrado para o PSDB em 2015.

A mudança mais recente de partido de Eliton é apontada como um dos sinais de que ele será candidato ao governo do Estado em 2018, com o aval do atual governador. Na cerimônia de filiação ao PSDB, Eliton recebeu inúmeros elogios de Perillo e também de Aécio Neves, presidente da legenda.

Repercussão

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), está em viagem aos Estados Unidos, e já anunciou a volta imediata ao país, além de algumas medidas emergenciais.

Entre elas, o governador determinou o deslocamento imediato, para o município de Itumbiara, do comandante-geral da Polícia Militar do Estado, coronel Divino Alves de Oliveira, e do delegado-geral da Polícia Civil do Estado, Álvaro Cássio dos Santos, para o acompanhamento das investigações para o esclarecimento do atentado.

Também houve a recomendação para que o presidente da Assembleia Legislativa, Helio de Sousa (PSDB), assumisse o comando do Poder Executivo até o retorno do governador ao Brasil. O deputado estadual assumiu interinamente como governador em exercício.

Minutos após a notícia do atentado ser divulgada por blogs e sites de Goiás, políticos do Estado manifestaram o pesar pela morte de Zé Gomes.

“É uma tragédia que choca a todos nós goianos”, afirmou em nota o líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado.

Principal rival de Zé Gomes nesta eleição, Álvaro Guimarães (PR) divulgou nota de pesar na noite desta quarta.

Uol Notícias.

Comentários pelo Facebook: