Seet
Sobral – 300×100

Vice-prefeito e servidores são presos por crime ambiental e multados em R$ 145 mil

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação/PM
Os animais estavam sendo transportados numa caminhonete

Três servidores públicos foram presos transportando quase 30 animais silvestres, entre tracajá e tartaruga da Amazônia. O flagrante ocorreu na madrugada desta sexta-feira (18), na TO-010, em Araguatins.

Os detidos foram identificados como Raimundo Filho, Claudeir Pereira Lima e Vamir Pereira de Souza, de 59 anos. Este último é o atual vice-prefeito da cidade de São Sebastião do Tocantins, no norte do Estado. Ele que dirigia a caminhonete. A polícia informou que eles estavam numa  Ford Ranger e demonstraram atitudes suspeitas durante a abordagem.

Os animais estavam no interior do carro. Após constatada a prática criminosa, prevista no artigo 29 da Lei 9605/98, Lei Ambiental, os autores e os objetos foram entregues à Polícia Ambiental para os procedimentos legais. Eles vão responder pelo crime em liberdade.

O trio foi conduzido à delegacia onde foi lavrado um auto de infração com multa no valor de R$ 145 mil, sendo R$ 5 mil por cada animal encontrado, de acordo o Artigo 24, Parágrafo 3º do Decreto 6.514 de 2008.

O vice-prefeito informou que teria conseguido capturar os animais no Rio Araguaia, nas proximidades do Povoado Falcão, Zona Rural de Araguatins, e que iria “soltá-los” em uma lagoa em sua fazenda.

 

Comentários pelo Facebook: