Vicentinho promete pagar servidores no 1º dia do mês e extinguir ICMS complementar

Agnaldo Araujo - | - 771 views
Foto: Agência Senado
Vicentinho Alves (PR-TO)

O candidato a governador Vicentinho Alves (PR) disse que, se eleito, pretende pagar os servidores do Estado no primeiro dia de cada mês. O compromisso foi assumido durante encontro com empresários na Associação Comercial e Industrial de Palmas (Acipa) nessa sexta-feira (25).

Os servidores estavam recebendo o salário depois do dia 10 do mês durante todo o governo de Marcelo Miranda (MDB), de 2014 até março de 2018, mês da cassação pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Ao assumir interinamente, Mauro Carlesse (PHS) pagou os servidores que recebem até R$ 2,5 mil nos primeiros dias do mês e o restante no máximo até o dia 10. Também disse que seria possível efetuar o pagamento até o quinto dia útil.

Uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para obrigar o Governo do Estado a pagar os salários dos servidores públicos até o 5° dia útil do mês chegou a ser apresentada na Assembleia Legislativa, mas os deputados rejeitaram a iniciativa no dia 14 de março, pouco antes de Marcelo Miranda ser cassado.

No encontro na Acipa, Vicentinho afirmou que irá “trazer a folha de pagamento do Estado, na medida do possível, para o dia primeiro de cada mês“. A medida é um anseio antigo dos servidores estaduais.

Foto: Divulgação
Bate-papo na ACIPA em Palmas

NA ACIPA

Vicentinho participou do evento promovido pela Acipa denominado “Bate-papo empresarial – construindo o futuro”, que ouviu todos os candidatos a governador nas eleições suplementares marcadas para o dia 3 de junho.

Na ocasião, ele disse que vai atender o pleito do empresariado e extinguir a cobrança do ICMS complementar, que é aplicado apenas no Tocantins e no Rio Grande do Norte. Vicentinho disse também que, respeitando os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), pretende conceder incentivos para fortaleceras empresas que atuam no estado e atrair novos investidores.

Vicentinho recebeu com interesse algumas sugestões dos empresários, como a implantação de uma cadeira de educação empresarial nas escolas de segundo grau, em parceria com o  Sebrae, e rever o viés arrecadador implantado hoje no Procon estadual.

O candidato informou aos empresários que vai descentralizar e desburocratizar os serviços prestados pelo estado, implantando inicialmente centrais de atendimento ao cidadão em Araguaína e Gurupi, para atender as demandas do Norte e do Sul do Estado.

Comentários pelo Facebook: