Seet
Sobral – 300×100

Vídeo com ameaça aos policiais foi gravado por detento na CPPP; autor diz que “foi da boca pra fora”

Redação AF - | - 534 views
Foto: Divulgação
Fabrício é acusado da morte do delegado da Polícia Federal Edward Duarte Neves

Já foi identificado o jovem criminoso que gravou um vídeo ameaçando de morte todas as polícias do Estado do Tocantins. A gravação viralizou nas redes sociais e elevou a sensação de insegurança da população.

Fabrício Araújo da Silva, de 22 anos, confessou a autoria, mas disse que a ameça foi apenas “da boca pra fora”. Ele  gravou o vídeo com o próprio celular de dentro da Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde está preso por ser suspeito de um latrocínio (roubo seguido de morte) ocorrido em 2012, em Palmas, e que teve como vítima o Delegado da Polícia Federal Edward Duarte Neves.

A identificação do suspeito foi possível com a colaboração da Delegacia Especializada em Investigações Criminais de Araguaína (Deic Norte), Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE) e do diretor da Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota (UTPBG). O celular já foi apreendido durante uma revista realizada na CPPP. Fabrício responderá pelo crime de ameaça.

Entenda

Foto: Divulgação
Homem divulgou vídeo nas redes sociais.

Aproveitando-se do suposto anonimato, um jovem criminoso divulgou no último final de semana um vídeo nas redes sociais em que profere ameaças às Polícias Civil (PC) e Militar (PM) do Estado do Tocantins.

O homem afirma que a mensagem seria um “recado do crime” às forças de segurança pública e cita equipes específicas, como a Rondas Ostensivas Táticas Metropolitana (Rotam) e o Grupo de Operação Rápida e Ostensiva (Giro). “A partir da data de hoje, se tiver algum homicídio na rua, aqui na Capital ou dentro do Estado do Tocantins, vai ‘lombrar’ pra polícia. O policia que ‘nós encontrar’ saindo de casa, ‘a gente vamos’ sentar o dedo. E o que a gente fala, acontece!”, afirma.

Ainda na noite do último domingo (10/04), foi divulgada nas redes sociais a informação de que o autor do vídeo havia sido identificado e preso. Algumas páginas no Facebook chegaram a divulgar a imagem de um suposto suspeito, um adolescente de 16 anos.

Veja o Vídeo em que o suspeito ameaça os policiais

 

Confira o vídeo em que Fabrício pede desculpas aos policiais

 

Comentários pelo Facebook: