Ação parlamentar

De volta à Câmara, Silvinia busca aprovação de plano de carreira e concurso de Araguaína

A vereadora disse que vai priorizar projetos voltados às áreas da saúde e educação.

Por Márcia Costa 1.090
Comentários (0)

26/08/2019 08h30 - Atualizado há 1 mês

A professora Silvinia do Sintet (PT) retornou à Câmara Municipal de Araguaína neste mês de agosto após licença do vereador Gideon Soares.

Em entrevista ao AF Notícias, a vereadora disse que voltou com muita energia para trabalhar em prol da população e buscará também a valorização dos servidores públicos com a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) e vai cobrar ainda a realização do tão aguardado concurso público do quadro geral de Araguaína.

“Estou retornando com bastante energia para trabalhar. Já fui na Secretaria de Administração, no Executivo e um dos pontos mais importantes que busco e estou acompanhando é que a Prefeitura mande o mais rápido possível o Plano de Cargos e Carreira dos servidores públicos do município. O nosso objetivo é garantir mais qualidade nos serviços destinados à população", afirmou.

A vereadora disse que vai priorizar projetos voltados à área da saúde e que garantam mais qualidade de vida aos idosos araguainenses.

“Vamos buscar parcerias público-privadas que envolvam farmácias e clínicas para promover ações solidárias em parques e bairros para que as pessoas percebam a necessidade da prevenção. Queremos também conversar com a Universidade da Maturidade e com outras entidades que trabalham com a melhor idade. Precisamos cuidar de nossos idosos. Queremos organização um centro de diálogo entre jovens e idosos, para que eles sejam reinseridos na sociedade e tenham o valor que merecem", disse.

Silvinia disse ainda que já está estudando a Lei Orgânica do Município para apresentar propostas de alterações principalmente sobre a tarifa de coleta de esgoto.

“Estamos estudando a Lei Orgânica e queremos fazer algumas alterações no que diz respeito à taxa de esgoto, pois temos muitas reclamações, estamos vivendo momento de crise, as pessoas estão sem dinheiro. Precisamos ter uma prefeitura que olhe com um lado mais humano, que olhe para as pessoas”, afirmou.

Outro projeto já apresentado pela vereadora Silvinia é a II Edição do Parlamento Jovem que deve ser colocada em prática neste segundo semestre do ano.

"O projeto é voltado ao papel do político, a importância da Lei Orgânica. Depois de um estudo de três meses os estudantes vão à Câmara conhecer o funcionamento do Legislativo. Podem participar alunos de escolas públicas e privadas. Os participantes da primeira edição tiveram requerimentos que foram postos em prática. Percebemos que a maioria mudou o comportamento após a participação no projeto, eles até ganharam bolsas de estudos. Nada melhor do que conhecer a verdadeira política saudável", finalizou.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.