Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Secretário de Governo

Cargo importante no governo Wanderlei será ocupado por ex-deputado de Araguaína

Cargo era ocupado por Divino Allan na gestão de Mauro Carlesse.

Por Arnaldo Filho 2.541
Comentários (0)

19/11/2021 11h04 - Atualizado há 1 semana
Governador interino Wanderlei Barbosa e ex-deputado César Halum

O ex-deputado federal de Araguaína César Halum aceitou o convite do governador interino do Tocantins, Wanderlei Barbosa, para assumir um dos cargos estratégicos na gestão estadual, a secretaria da Governadoria, posto que está sem titular desde o dia 25 de outubro.

O cargo era ocupado por Divino Allan na gestão de Mauro Carlesse (PSL), governador afastado do cargo em 20 de outubro por determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ele é investigado por suspeitas de corrupção (cobrança de propina relacionada ao plano de saúde dos servidores) e obstrução de investigações criminais.

Wanderlei Barbosa chegou a nomear o empresário Joseph Madeira para assumir o cargo, mas ele acabou declinando após sofrer um surto psicótico (pico de estresse, segundo a assessoria). Ele teve o nome citado na mesma investigação contra Carlesse, como revelado com exclusividade pelo AF Notícias.

A nomeação de César Halum ainda não foi oficializada pelo governador, mas o ex-deputado confirmou a informação e disse que aceitou o desafio. Assim, Wanderlei amplia sua base de apoio político em Araguaína, cidade importante para consolidação de uma eventual candidatura à reeleição.

OUÇA O COMENTÁRIO DE HALUM

Outro ex-deputado federal de Araguaína também passou a integrar o governo interino: Lázaro Botelho, no cargo de secretário extraordinário de Ações Estratégicas. Ele era um aliado fiel de Carlesse.  

Halum também já foi secretário de Agricultura na gestão de Carlesse, mas deixou o cargo para assumir a Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura (Mapa) no governo Bolsonaro.

A previsão é que Halum assuma o cargo de secretário da Governadoria até o dia 1º de dezembro, pois ainda precisa se desligar do Mapa e a ministra Tereza Cristina encontra-se em viagem ao exterior.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.