Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Baixa no novo governo

Citado em inquérito contra Carlesse, homem de confiança de Wanderlei entrega cargo

Joseph Madeira é citado como participante de esquemas criminosos.

Por Arnaldo Filho 2.444
Comentários (0)

05/11/2021 14h38 - Atualizado há 2 meses
Empresário Joseph Madeira havia sido nomeado como secretário da Governadoria

O homem de confiança do governador Wanderlei Barbosa anunciou, nesta sexta-feira (5), que não irá assumir o cargo de secretário da Governadoria, posto estratégico e importante dentro do Governo do Tocantins, sempre ocupado por pessoas da extrema confiança do chefe do Palácio Araguaia.

O empresário Joseph Madeira havia sido nomeado para o cargo no dia 25 de outubro, mas nem chegou a assumi-lo oficialmente.

No dia seguinte à nomeação, o AF Notícias revelou com exclusividade que o empresário também estava citado na mesma investigação da Polícia Federal que levou ao afastamento do governador Mauro Carlesse (PSL) por 180 dias.

No documento, a PF afirma que o proprietário da empresa Jorima Segurança Privada [Joseph Madeira] é um "empresário frequentemente mencionado como participante dos esquemas criminosos do atual governo".

Naquela ocasião, a assessoria do empresário informou que ele teve um surto psicótico durante a madrugada e foi parar na sede da Superintendência da Polícia Federal, em Palmas.    

Ao declinar do cargo de secretário da Governadoria, Joseph Madeira disse ter sido diagnosticado com 'pico de estresse'. "Os motivos pelos quais estou declinando em assumir este honroso cargo são em razão de minha saúde e por restrita orientação médica. Preciso fazer alguns exames e isto impossibilitará que eu cumpra as agendas oficiais de Governo”, alega na carta.

VEJA MAIS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.