Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Articulações

Kátia Abreu segue como favorita à vaga no TCU e tem Renan Calheiros na articulação

Renan foi um dos responsáveis pela indicação do ministro que vai se aposentar.

Por Arnaldo Filho 1.587
Comentários (0)

15/09/2021 17h20 - Atualizado há 1 semana
Kátia Abreu e Renan Calheiros

Com a previsão de aposentadoria do ministro Raimundo Carreiro no TCU (Tribunal de Contas da União), alguns senadores já estão de olho na vaga e podem romper a tradição de indicar um nome de consenso, sem nenhuma disputa.

A última vez que houve um embate pela vaga no TCU foi em 2008. Naquela ocasião, José Jorge ficou com a vaga após disputar no voto contra o tocantinense Leomar Quintanilha.

Raimundo Carreiro só se aposenta em setembro de 2023, mas estaria disposto a antecipar a saída, caso seja indicado para chefiar a Embaixada do Brasil em Lisboa, em Portugal. 

3 SENADORES

Desde o início das discussões, estão no páreo a senadora Kátia Abreu (PP-TO) e o senador Antonio Anastasia (PSD-MG). Um terceiro nome surgiu nas últimas semanas. O líder do governo, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), avisou que também tem interesse no posto, embolando ainda mais o quadro.

FAVORITA

Kátia Abreu desponta como favorita, sendo o nome do grupo encabeçado por Renan Calheiros (MDB-AL), que já presidiu a Casa e voltou a ficar em evidência recentemente, ao se tornar relator da CPI da Covid.

RENAN NA ARTICULAÇÃO

Responsáveis pela nomeação de Raimundo Carreiro no TCU, Renan e o ex-presidente José Sarney (MDB) tentam segurar a saída dele para emplacar Kátia Abreu.

O senador admite apoiar a colega parlamentar, mas diz que isso não significa que ele rejeita outros nomes. "Tenho muita simpatia pelo nome da Kát​ia, mas em detrimento de ninguém", afirmou Renan à Folha de S. Paulo.

A pessoas próximas o próprio ministro do TCU disse que estaria disposto a antecipar sua aposentadoria, principalmente se fosse em benefício da senadora do Tocantins. 

Kátia Abreu é a atual presidente da CRE (Comissão de Relações Exteriores do Senado). 

PLANALTO SINALIZA ACEITAÇÃO

Conforme a Folha, sem forças para impor um candidato de sua preferência, o próprio Planalto recentemente buscou uma aproximação com a senadora Kátia Abreu e vem se mostrado favorável à sua indicação. Em julho, Kátia foi recebida por Bolsonaro em uma reunião no Planalto.

EM CAMPANHA

Além do MDB, Kátia tem o apoio de sua própria bancada, o PP, a terceira maior da Casa. Senadores apontam que ela está em franca campanha, pedindo votos aos colegas.

VANTAGENS NO TCU

A vaga de ministro do TCU é concorrida porque garante uma série de vantagens. A primeira delas é que os nove ministros que compõem a corte têm cargo vitalício e só se aposentam compulsoriamente aos 75 anos.

O salário também é atrativo. Os integrantes do tribunal ganham uma remuneração bruta de R$ 37.328,65​ mais benefícios.

Politicamente, a corte tem relevância por atuar justamente como fiscal do Executivo. Cabe ao TCU julgar as contas do governo, realizar inspeções e auditorias de repasse de verbas, por exemplo.

As informações são da Folha de S. Paulo.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.