Araguaína

Adolescente confessa estupro e assassinato de grávida com golpe de concreto na cabeça

Adolescente narrou detalhes sobre o crime praticado com requinte de crueldade.

Por Márcia Costa 8.178
Comentários (0)

22/10/2020 15h19 - Atualizado há 1 mês
Jovem tinha 25 anos e estava grávida de 7 meses

Um adolescente de 17 anos foi apreendido pela Polícia Militar na tarde desta quinta-feira (22) em uma residência no setor Ana Maria, em Araguaína, suspeito de estuprar e matar a sangue frio a jovem Ana Letícia Bezerra de Sousa Santos, de 25 anos.

A Polícia Militar obteve informações sobre as características do suspeito do crime e conseguiu localizar o paradeiro do adolescente. Ele não reagiu à apreensão e ainda confessou que matou a vítima durante a madrugada depois de estuprá-la.

O adolescente disse que estava passando por um terreno baldio e teve uma discussão com a vítima sem nunca tê-la visto. Durante a confusão, o agressor enforcou a jovem até ela desmaiar. Na sequência, o adolescente manteve relação sexual mesmo a vítima estando desacordada e depois a arrastou até um monte de entulho, onde desferiu dois golpes com um pedaço de concreto na sua cabeça.

Ele relatou ainda que estava bastante alcoolizado e, após o assassinato, tentou esconder o corpo debaixo de folhas e entulhos.

A mãe do adolescente ficou em estado de choque ao saber que o filho é suspeito de ser o autor do crime cometido com requinte de crueldade. Uma ambulância do Samu foi acionada para socorrer a mulher.

Ana Letícia era uma usuária de drogas e estava grávida de sete meses. O corpo foi encontrado em um lote baldio atrás de uma escola. A vítima foi espancada e assassinada com um golpe de concreto na cabeça, que ficou esmagada.

+ Jovem grávida de 7 meses é encontrada com a cabeça esmagada e coberta por entulhos

Corpo foi encontrado em um lote baldio

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.