Crime ocorreu em 2017

Assaltante que matou mulher sufocada é condenado a 21 anos de prisão no Tocantins

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

13/06/2018 17h51 - Atualizado há 1 semana
A justiça condenou Ney Virgínio de Souza a 21 anos de prisão por latrocínio - roubo seguido de morte - e ocultação de cadáver. A decisão é da juíza Renata do Nascimento e Silva, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Paraíso do Tocantins e foi proferida nesta quarta-feira (13). O crime ocorreu em 19 de novembro de 2017. Ao roubar o aparelho celular de uma mulher, Ney Virgínio foi surpreendido pela reação da vítima e a sufocou até a morte. Após o crime, ele arrastou o corpo da mulher até um matagal, com o fim de dificultar o acesso e identificação do cadáver. Ao analisar os fatos, a magistrada destacou que as provas “tornam-se plenamente convincentes e suficientes para a formação de um juízo de convicção seguro acerca da responsabilidade do denunciado”. O réu foi condenado a 21 anos de prisão pelos crimes de latrocínio e ocultação de cadáver e terá de pagar 20 dias-multa, no valor unitário mínimo (1/30 do salário mínimo).

Comentários (0)

Mais Notícias

Em fazenda

Homem é preso após exibir armas de fogo nas redes sociais no sul do Tocantins

O suspeito estava com três armas de fogo, munições, R$ 5 mil em espécie e 5 mil reais em cheque.

Em Araguaína

Homem é encontrado sem roupas e com a garganta cortada dentro de casa em chamas

O homem estava deitado em um sofá pelado, com ferimentos no tórax e a garganta cortada.

Lagoa da Confusão

Morador de rua é suspeito de matar colega quatro dias depois de sair da prisão

Conforme a Polícia Civil, Lucilo Soares demonstrou total frieza ao narrar os fatos.

Região norte

Polícia Civil prende principal suspeito de matar idoso a facadas em Xambioá

O idoso foi morto no dia 21 de julho e o suspeito tinha fugido para a cidade de São Geraldo do Araguaia, no Pará.

Acidente fatal

Mulher morre em colisão entre motocicleta e carro no centro de Araguaína

O acidente ocorreu na esquina da Avenida Castelo Branco com a rua Rui Barbosa. A mulher morreu na hora.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.