Balanço de ações

Delegacia da Mulher fechou cerco contra violência doméstica em Araguaína em 2021

Foram 660 inquéritos concluídos e 721 Boletins de Ocorrência registrados.

Por Redação 614
Comentários (0)

06/01/2022 14h39 - Atualizado há 3 semanas
Delegada Ana Maria Varjal

A 3ª Delegacia de Atendimento à Mulher (3ª DEAM) de Araguaína divulgou um balanço das ações realizadas pela unidade ao longo do ano de 2021. Foram registrados 721 Boletins de Ocorrência relacionados a violência doméstica e 567 medidas protetivas de urgência foram solicitadas à Vara de Combate à Violência Doméstica Montra a Mulher.

Também foram registrados 93 boletins de ocorrência relacionados a descumprimentos de medidas protetivas de urgência; 419 inquéritos policiais instaurados visando apurar a autoria e materialidade dos BOs, bem como, 660 inquéritos policiais finalizados e encaminhados ao Poder Judiciário e ao Ministério Público.

Conforme a delegada Sarah Lílian, os expressivos números são fruto do esforço e dedicação das equipes que compõem a 3ª DEAM, no combate diário aos crimes praticados contra a mulher na segunda maior cidade do Estado do Tocantins.  

“O trabalho em equipe nos possibilitou dar assistência e identificar e prender vários agressores e com isso ajudar um número bem expressivo de vítimas de violência doméstica. Enquanto delegada de polícia, encerro o ano de 2021 com o sentimento de missão cumprida, e com a satisfação de ter garantido a justiça”, frisou a autoridade policial. 

 A delegada Ana Maria Varjal pontuou que o trabalho realizado pela 3ª DEAM foi de extrema importância no sentido de combater a violência contra a mulher em todas as modalidades, fazendo com que os crimes dessa natureza não ficassem impunes e também saíssem da invisibilidade.

“Os números demonstram o empenho de toda equipe visando resguardar os direitos das vítimas concedidos pela Lei Maria da Penha. Mediante as ações realizadas a Polícia Civil reafirma o compromisso em combater qualquer tipo de violência praticada contra a mulher nos termos da lei 11.340/06, bem como evitar que tais casos possam evoluir para possíveis feminicídios”, ponderou a delegada Ana Maria. 

Para Atendimento na Deam

O Delegacia da Mulher está aberta de 08h as 14h. Após esse horário a vítima pode se dirigir à Delegacia de Plantão que fica aberta 24 horas.

As denúncias também podem ser feitas pelo whatsApp (63) 3411-7310 (número da Delegacia) ou 180 (canal nacional para denúncias de violência doméstica).

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.