Em Araguaína

Empresário que baleou dono de bar após agredir clientes responderá por cinco crimes

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

26/04/2018 10h50 - Atualizado há 2 meses
O empresário James Cláudio Pereira foi indiciado pela Polícia Civil por cinco crimes na ação em que baleou o também empresário André Pedreira dos Santos. O caso ocorreu no dia 18 de abril de 2018 e envolve uma discussão em um bar. O inquérito foi concluído nessa quarta-feira (25) e encaminhado à justiça. A polícia apontou que James praticou os crimes de tentativa de homicídio na forma qualificada, ameaça, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, desobediência a ordem judicial e dirigir veículo automotor sob a influência de álcool. James continua preso desde o dia do crime na Casa de Prisão Provisória de Araguaína. Consta na investigação que ele chegou no bar de André bastante alterado e começou a agredir alguns clientes. A ação foi repreendida pelo dono do estabelecimento e os dois entraram em luta corporal. A luta finalizou e James se retirou do bar, mas ele retornou alguns instantes depois com um revólver calibre 38 e perseguiu André, que correu desarmado. Em seguida, James efetuou três tiros na direção do empresário, acertando o braço direito da vítima. Segundo a polícia, James ainda abordou André durante a ação, mandou que ele se ajoelhasse e passou a fazer várias ameaças, humilhando-o publicamente. James saiu do local e foi preso pela Polícia Militar. Ele estava em liberdade condicional, com medidas restritivas, não podendo frequentar bares, casas noturnas ou fazer uso de bebida alcoólica. Para a conclusão do inquérito, a polícia relata que colheu o depoimento de André e de testemunhas sobre os fatos, sendo evidenciada a existência de dois momentos dos crimes praticados. Um deles é a tentativa de homicídio em si e o segundo momento são os demais crimes. Veja mais... http://afnoticias.com.br/empresario-de-araguaina-e-baleado-apos-discutir-com-cliente-em-bar-na-madrugada/ http://afnoticias.com.br/homem-que-atirou-em-empresario-estava-proibido-pela-justica-de-frequentar-bares/

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.